Inicio >> Coluna SexAtivar >> Você quer ser parte do problema ou da solução?
sexativação

Você quer ser parte do problema ou da solução?

Hoje pedi licença ao meu companheiro de coluna (e de vida) para escrever mais diretamente para as mulheres leitoras de nossa coluna.

Há poucos dias vi uma propaganda de um banco onde uma mulher dá um tapa em seu “marido” por causa da uma tv quebrada em uma comemoração (ação em que ela inclusive, esteve envolvida).

Fiquei pensando qual seria a reação das pessoas se os papéis estivessem invertidos, ou seja, se um homem desse um tapa, mesmo que “gentil” em sua esposa por causa de um aparelho doméstico que estragou…

Fiquei pensando então onde é que deixamos a truculência entrar em nossas vidas, nas propagandas ou nas rodas de conversa. Onde e quando começamos a emitir críticas e censuras muito facilmente, tornando “alvo”, qualquer pessoa que pense, fale ou aja de forma diferente da nossa?

Afinal, estamos ou não na era do respeito à diversidade?

Como nossa diretriz nessa coluna é sempre abordar o lado positivo das situações, ou seja, ao invés de criticar, fazer parte da solução que leve os casais a uma vida mais feliz, decidi abordar um fato que chama minha atenção a algum tempo: a constância que ouço mulheres falando mal de seus maridos…

E isso é tão recorrente, que tenho pensando já ser um novo tipo de vício.

Você sabe o que significa a palavra maldição e o que significa o termo “maldito”? Maldição é o ato de maldizer (falar mal) … e maldito é o objeto da maldição…

Todos temos aspectos positivos e negativos e se você pensar bem, muitas vezes o assunto das conversas negativas das rodas femininas são aspectos muito pequenos das vítimas, quase besteiras, mas isso não impede o prejuízo, porque a energia projetada por alguém que é próximo e querido é muito forte e “pega” no outro.

Gostaria que você visse a “gosma” que fica impregnada em uma pessoa alvo desse tipo de energia, que em excesso, paralisa, emudece e tira a energia vital da vítima.

Para mim, que lido com isso diariamente, é muito fácil perceber que um casal às vezes tem dificuldade de prosperar, de se amar, de ter uma vida mais feliz até sexualmente por causa desse tipo de energia e o prejuízo é de ambos.

Quem fala mal também é prejudicado, às vezes até mais do que sua vítima, porque um tenta remar para a frente e o outro impede com suas próprias palavras e pensamentos, ficando também com a responsabilidade pela estagnação.

O lado bom é que se a energia da maldição é tão forte a ponto de paralisar, a energia de uma atitude oposta pode acelerar e curar.

Então, vamos trocar maldição por bendição?

Claro que o bendizer deve ser estendido a todos (seus filhos, pais, vizinhos, chefes), mas meu objetivo hoje são os maridos.

Estamos na lua nova e um novo ciclo reinicia, por isso, essa é uma lua propícia para atitudes mais rigorosas e meus conselhos são:

– Repense seriamente sua amizade com mulheres que têm esse vício e se puder, afaste-se, procurando outras que já criaram o hábito de bendizer seus companheiros

– Difícil se afastar? Suas amigas têm qualidades maiores que os defeitos? Então quando a conversa começar… comente o significado de maldição e sugira outro rumo para a prosa…

– Sua chefe está presente ou todas são mais velhas e você sente que não vai conseguir sugerir a mudança do foco? Fale bem de seu marido (ou dos homens em geral), ou mesmo pergunte “como quem não quer nada”… sobre qualidades gerais ou específicas dos cônjuges de suas parceiras de conversa

– E, principalmente, quando você se pegar pensando ou falando mal de seu marido, pare imediatamente e faça 3 elogios a ele para depois, focar seu pensamento ou fala em qualidades e ações positivas

Enfim… Elogie, agradeça e bendiga seu companheiro diariamente, em quantidade muito maior do que alguma crítica ou sugestão necessárias.

Faça e sinta a mudança e os resultados.

Concordou comigo, mas tem vergonha de se expor? Existe uma frase linda de Edmund Burke que diz mais ou menos assim: “para que o mal prospere, basta que o bem se cale”…

A escolha agora, é sua… você quer fazer parte do problema… ou da solução?

Entre com seu email para receber as atualizações:

Desenvolvimento FeedBurner

Autor SexAtivação

SexAtivação é um projeto com Vivências, Sex Coach & Produtos Holísticos para ativar a vida amorosa e sexual dos casais, liderado por Carlos Morini e Liliane Provenzano. Carlos e Liliane estão juntos desde 1998... Por acreditar que é possível ser feliz no casamento, descobriram que a vida sexual pode ficar melhor com a cumplicidade de uma relação sincera e do sexo como um caminho de religação ao Sagrado, ideia que simboliza o chamado sexo espiritual. Entendem que qualquer pessoa ou casal pode ter uma vida sexual feliz, independentemente do caminho espiritual, por isso, criaram formas de passar sua experiência, através do Sex Coach Holístico (terapias holísticas para melhorar a vida sexual) e vivências de SexAtivação (conjunto de técnicas que aprenderam e aprimoraram ao longo do tempo e que envolve troca de energia, movimentos e respiração). E... não pretendem parar por aqui...Informações: institutoubiratan@uol.com.br

LEIA TAMBÉM

sexo e religião

Sexo e Religião… Vamos quebrar esse tabu?

Em nossa cultura latino-americana, com forte inspiração cristã, mesmo as pessoas que pertencem a religiões …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *