Cartas, Sexo e Diversão: Buquê + Exu

As flores e o buquê indicam presentes que a vida trará, principalmente na vida amorosa e sexual.

Exu é o orixá mensageiro, que leva os pedidos dos seres humanos para os demais orixás, também é o agente do caos, que vai desembocar em uma nova ordem.

Essa semana então, a dica das cartas é pedir mudanças em sua vida sexual e amorosa (na sua vida, não na vida do outro…).

Também é um período indicado para dar uma virada no jogo da relação, principalmente se a relação está fria…

As flores dizem que sua virada dará certo e novos perfumes estarão no ar…

O grande recado de Exu é que a insanidade é querer obter resultados diferentes, fazendo as coisas da mesma forma…

Agora, é com você!

Para perfumes, difusores e incensos invista em aromas que contenham pimenta.

Tons de vermelho e coral são tudo de bom para ativar a energia do novo.

No quesito fantasias, se a intenção é transgressão, vale tudo… de animais a diabinha…

Para as refeições, comidas apimentadas e condimentadas …

E, não desista facilmente… mudar vale a pena, mas nem sempre os resultados aparecem tão rápido quanto você espera!

Entre com seu email para receber as atualizações:

Desenvolvimento FeedBurner

Autor Coluna Cartas, Sexo e Diversão

Cartas, sexo e diversão é um oráculo realizado com dois baralhos, o Cigano e o Mensagens dos Orixás e interpretados por Liliane Provenzano para aconselhar e sugerir novidades em sua vida sexual. Liliane Provenzano Friedericks é terapeuta holística, master em Reiki celta e iniciada em magia cigana. Mestra em Hospitalidade e bacharel em relações públicas, com experiência de mais de 28 anos na área de comunicação e eventos, é colaboradora de blogs, instrutora de cursos e vivências holísticas. Criadora da marca Alquimias da Bruxinha, também lidera o projeto SexAtivação com seu marido, Carlos Morini.

LEIA TAMBÉM

amor-versus-odio

A complexidade do sentir: ódio do bem x amor do mal

Complexidade ódio-amor que impõe o funcionamento robótico, ou seja, aquele que, enquadrando as pessoas em um único programa de pensar, elimina as diferenças e anula a individualidade. Por Beatriz Breves*

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.