Inicio >> Hot News >> “Só o Amor” Preta Gil e Gloria Groove lançam clipe-manifesto e série documental com mulheres transexuais
so-amor-credito-divulgacao-28

“Só o Amor” Preta Gil e Gloria Groove lançam clipe-manifesto e série documental com mulheres transexuais

Sucesso na trama A Dona do Pedaço e nas plataformas digitais, a canção “Só o Amor” finalmente terá seu videoclipe lançado na próxima quarta-feira, dia 30 de outubro, na forma de um manifesto musical.

O clipe, estrelado por Preta Gil, Gloria Groove e Glamour Garcia, traz a reboque a série documental “Vida Transversais”, dividida em quatro micro documentários, é dirigida por Rodrigo Pitta e protagonizada por mulheres trans da “vida real”, escolhidas pelo diretor com a ajuda da empresa Transempregos, especializada em encontrar empregos para transexuais no mercado de trabalho.

Assim, a enfermeira do SUS Emanuele Bernardo, a produtora cultural do Museu da Diversidade
Paola Valentina, a diretora de uma Escola Estadual da periferia de São Paulo, Paula Beatriz, e a
gerente do Banco do Brasil, Marcela Bosa, representam uma significativa parcela da população
brasileira que ainda luta diariamente por igualdade de direitos e por espaços no mercado
profissional.

Além de participarem dos “minidocs”, o quarteto também participa do videoclipe que ainda presta homenagem a nomes como Rogéria, Laerte, Roberta Close, Lea T e Jane Di Castro, que também fizeram de suas histórias exemplos desta causa e percorreram um longo caminho até poderem viver por completo suas verdadeiras identidades.

Respeito, aceitação e dignidade

“Só o Amor é para mim um manifesto que inspira respeito ao próximo, que trata de aceitação da própria identidade e o direito que todos temos de viver em paz na sociedade, sendo o que cada um queira ser. Desde que fui convidada a colaborar com essa canção eu senti que havia uma mensagem mais forte, vivemos uma triste estatística de violência, mas se olharmos para o amor e não apenas para a dor, podemos colaborar para que esses números caiam, para que os transexuais tenham empregos dignos e que possamos nos respeitar cada vez mais ao
entendermos que todxs temos o mesmo direito de ser feliz ”, declara Preta Gil.

“Este é um assunto de extrema importância, levando em consideração tamanha intolerância e
transfobia em nosso país. Trabalhos como este refletem e reforçam a necessidade de
representar as mais diversas narrativas, para que estes discursos cheguem ao grande público
através de nossa arte, que é a música”, declara Gloria Groove.

“Apesar de todo o colorido e alegria que o clipe apresenta, a criação faz também um contraponto em preto e branco. A realidade ainda é noir, o Brasil está no topo da lista de países onde mais se mata transexuais e travestis , mas, ao mesmo tempo , já podemos ver que aos poucos os subempregos, normalmente destinados a esta comunidade, estão dando lugar a cargos em multinacionais, grandes bancos, hospitais, e até no horário nobre da TV aberta, como é o caso da Glamour Garcia, estrela convidada do clipe”, afirma Rodrigo Pitta.

VIDAS TRANSVERSAIS – MICRO DOCUMENTARIOS

O público poderá conhecer um pouco mais da história real das personagens do clipe em quatro
micro documentários de três minutos, divulgados nas redes sociais e no YouTube.

Confira abaixo os quatro episódios de “VIDAS TRANSVERSAIS”.

Capítulo 1 – “Somos Todos Iguais”, com Paola Valentina (produtora cultural):

Capítulo 2 – “Vencer é possível”, com Emanuele Bernardo (enfermeira):

Capítulo 3 – “Metamorfose Ambulante,” com Marcela Bosa (gerente de banco):

Capítulo 4 – “Brasil, mostra sua cara”, com Paula Beatriz (diretora de escola):

PRODUÇÃO E FICHA TÉCNICA

“Só o Amor “ é uma realização da LIGA Entretenimento, em parceria com a agência MYND8.
Produzido pela Team O!, o clipe tem roteiro de Preta Gil e de Rodrigo Pitta, que também assina
a direção.

A co-produção é de Mariana Jorge e Heitor Cavalheiro assina a direção de fotografia.

A coreografia é de Flávio Verne e figurinos de Ingrid Lima , Caio Sobral e Bianca Jahara.

Entre com seu email para receber as atualizações:

Desenvolvimento FeedBurner

 

Autor Julianna Santos

Relações Públicas, atuante em assessoria de imprensa e gestão de conteúdo para internet. Pós graduada em Educação Sexual pelo ISEXP – Instituto Brasileiro de Sexualidade e Medicina Psicossomática da Faculdade de Medicina do ABC, atendeu a várias empresas e profissionais do ramo erótico de 2002 até atualidade, estando inclusive a frente da sala de imprensa da Erótika Fair de 2002 a 2010. Também é certificada em Inbound Marketing pelo HubSopt Academy.

LEIA TAMBÉM

CALENDÁRIO ERÓTICO DE DEZEMBRO

Nem só de Natal vive Dezembro! O nosso último mês de 2019, tem até o …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *