Dia dos Namorados: Portal Mercadoerotico.org lança a “Campanha Fazendo Amor você faz o bem”

O chamado é para todos os empreendedores do mercado erótico: vamos aproveitar o Dia dos Namorados para fazer o bem para quem precisa? Veja como participar.

A ideia é de Paula Aguiar, sexpert business criadora de várias outras campanhas que movimentam o setor em outras épocas do ano como o Sextoy Day, o Dia do Orgasmo, a Semana da Imagem e a Semana do Sex Shop em Casa.

“Saí da cerimônia do Prêmio Mercado Erótico Sensual e Bem Estar Íntimo com uma imensa gratidão no coração e uma vontade de retribuir pelo sucesso do evento. Quero convidar a todos vocês a aproveitarem a data para fazer uma grande rede do bem nesse Dia dos Namorados, todos nós juntos podemos ajudar a quem mais precisa”, convoca Paula.

Nada mais oportuno, nesse exato momento temos cerca de 281.472 pessoas em situação de rua no Brasil segundo o IPEA. Entre 2019 e 2021, saltou de 30% para 36% o percentual de brasileiros que vivem sob constante situação de insegurança alimentar e ameaça de fome, dados revelados por uma pesquisa do Centro de Políticas Sociais do FGV Social, que analisou dados coletados pelo instituto Gallup em 160 países.

O inverno está chegando e a Unicef já havia alertado ano passado, na semana em que líderes mundiais se reuniram para a 27ª Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP 27), no Egito, que 40 milhões de meninas e meninos estão expostos no Brasil a mais de um risco climático ou ambiental (60% do total) e as mudanças climáticas comprometem a garantia de direitos fundamentais.

O Instituto Pet Brasil (IBP) aponta que o Brasil possui cerca de 185 mil animais abandonados ou resgatados após maus-tratos, sob a tutela de organizações não governamentais (ONGs) e grupos de protetores, sendo 60% resgatados após maus-tratos e 40% são frutos de abandonos.

Além da fome, do frio e do abandono, os dados sobre a violência às pessoas mais vulneráveis também são alarmantes: O boletim Elas vivem: dados que não se calam, lançado agora em março pela Rede de Observatórios da Segurança, registrou 2.423 casos de violência contra a mulher em 2022, 495 deles feminicídios.

Já o “Dossiê Assassinatos e violências contra travestis e transexuais brasileiras”, da Antra (Associação Nacional de Travestis e Transexuais) revelou em Janeiro que o Brasil é o país com mais mortes de pessoas trans e travestis no mundo pelo 14º ano consecutivo. 

O Brasil também registrou aumento de 97% no número de violações de direitos humanos contra pessoas idosas no primeiro trimestre de 2023. Ao todo, o país somou 202,3 mil casos de violência entre janeiro e março deste ano.Os dados estão disponíveis em painel da Ouvidoria Nacional de Direitos Humanos, do Ministério dos Direitos Humanos e da Cidadania (MDHC).

Esses são alguns dados da triste realidade do Brasil pós pandemia, com 9 milhões de desempregados segundo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Portanto há muito o que fazer e todos podem ajudar.

E mesmo que você pense que não pode resolver todos os problemas do Brasil, um prato de comida, um agasalho, um cobertor, uma informação faz muita diferença para quem não tem nada.

Nossa maior vitrine é o Amor

O Dia dos Namorados é considerado o Natal do mercado erótico e você pode ajudar com ações simples e gratuitas, aproveitando o maior trânsito de clientes em sua loja nessa época do ano.

E mesmo para quem faz mais atendimentos porta a porta é a melhor hora de engajar seus clientes nessa corrente do bem. Fornecedores também podem aderir a essa campanha da forma que for mais conveniente  para cada empresa.

A proposta da campanha “Fazendo Amor, Você Faz o Bem” tem a intenção de mobilizar todo o setor em coletas de doações, realização de bazares e eventos educativos todos voltados para a população carente. Veja como você pode fazer parte:

1º – Escolha uma causa e uma entidade em sua região para que possa ajudar com suas ações. Caso tenha dificuldades em encontrar alguma, nos procure que auxiliaremos você nessa tarefa. Vamos te dar algumas dicas como ponto de partida:

  • Entidades que auxiliam pessoas em risco social como abrigos, orfanatos, asilos, casas de repouso.
  • Grupo de pessoas que trabalham de forma autônoma como protetores de animais, alimentadores de pessoas em situação de rua, reabilitadores de pessoas em vício ou vítimas de violência.
  • Pessoas que estejam em vulnerabilidade social (desempregados, em situação de rua, em processo de reabilitação, etc).

2º – Veja quais são as necessidades reais que essa entidade, grupo ou pessoa tenham para bolar a sua ação social, que podem ser:

– agasalhos, 

– cobertores, 

– roupas, 

– materiais de higiene, 

– preservativos,

– alimentos, 

– ajuda financeira ou materiais de construção para ampliar as instalações.

Dessa forma você pode:

– disponibilizar um ponto de coleta em sua loja para depois entregar para eles, 

realizar bazar beneficente com as doações para levantar ajuda financeira 

– ou até mesmo realizar palestras e workshops de educação sexual.

3º – Ao definir sua ação, avise o Portal Mercadoerotico.org pelo whats app 11 994712268 porque iremos fazer uma matéria sobre o seu negócio e sua ação social, bem como vamos divulgar em nossas redes sociais e na imprensa nacional e regional.

“O objetivo central da Campanha ‘Fazendo Amor, Você Faz o Bem’ é realmente ajudar o maior número de pessoas nesse momento. Porém, também queremos quebrar os tabus que cercam o nosso negócio mostrando nossa força através da solidariedade e responsabilidade social. Afinal, nada mais romântico do que amar sem fronteiras, e extravasar nossas paixões, não é mesmo? Vamos inspirar nossos clientes, trazendo uma onda de positividade para esse Dia dos Namorados” explica Paula.

Agora que estão todos convocados é hora de colocar a mão na massa! Quanto antes começarmos, mais doações arrecadaremos e mais tempo teremos de organizar eventos educativos.

Live para explicar e tirar dúvidas

Para ajudar a você, empreendedor do mercado erótico a participar dessa campanha, vamos fazer uma live nessa quarta feira, dia 17 de maio, às 20h, no instagram @mercadoerotico onde iremos tirar todas as suas dúvidas e dar sugestões de quem você poderá ajudar na sua cidade e ganhar visibilidade aqui no Portal Mercadoerotico.org

Venha participar ao vivo!

Autor Julianna Santos

Relações Públicas, atuante em assessoria de imprensa e gestão de conteúdo para internet. Pós graduada em Educação Sexual pelo ISEXP – Instituto Brasileiro de Sexualidade e Medicina Psicossomática da Faculdade de Medicina do ABC, atendeu a várias empresas e profissionais do ramo erótico de 2002 até atualidade, estando inclusive a frente da sala de imprensa da Erótika Fair de 2002 a 2010. Também é certificada em Inbound Marketing pelo HubSopt Academy.

LEIA TAMBÉM

sindrome-da-boazinha

Síndrome da Boazinha: quando a necessidade de agradar o outro se torna um problema

Você se considera boazinha demais? Está sempre em busca da aprovação do outro? Acha que as pessoas podem estar se aproveitando de você, em função do seu  jeitinho? Tem dificuldade de dizer não, mesmo que não tenha tempo ou interesse em atender determinadas solicitações? Se você respondeu sim para estas perguntas, certamente sofre com a “Síndrome da Boazinha”. Este é um padrão de comportamento compulsivo e não um transtorno psiquiátrico, como explica Filipe Colombini, psicólogo e CEO da Equipe AT.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verified by ExactMetrics