como-fazer-uma-rapidinha

Como fazer uma rapidinha com sucesso?

Preferência de 94% dos usuários do Sexlog, maior rede social de sexo liberal da América Latina,a rapidinha pode ser boa, mas tem alguns truques.

Na nossa live especial da Campanha Amor e Sexo para uma Primavera mais Sexy de ontem com o médico urologista e terapeuta sexual Dr. Celso Marzano perguntamos sobre os cuidados com as rapidinhas, já que o tema foi sobre se sexo faz bem para a saúde.

Para o especialista o uso de lubrificante e excitantes podem ajudar, mas nada substitui a excitação natural, principalmente para as mulheres. Uma rapidinha portanto seria a finalização de uma preliminar que pode começar com conversas excitantes ao longo do dia preparando para o ato em si.

“O homem precisa de 10 ml de sangue sendo enviados para o pênis para ter uma ereção, enquanto a mulher de 500 ml enviados para vulva, vagina e clitoris para se preparar para uma relação sexual. E tudo começa no centro de excitação que está em nosso cérebro” explica.

Para eles é sempre mais fácil

Não é a toa que para os homens seja mais fácil realizar uma rapidinha do que para as mulheres. De acordo com um levantamento recente feito com os cadastrados na Sexlog, 47.3% das pessoas são adeptas da famosa rapidinha e adoram a prática, enquanto outros 46,6% dizem que também são adeptos, mas preferem as relações sexuais mais longas.

A pesquisa reuniu cerca de 35 mil respondentes, dentre perfis de homens, mulheres e casais. Os que mais são adeptos à rapidinha são os homens, em que  52,1 % deles disseram que adoram a prática implementada à rotina. Os casais são os que menos preferem as rapidinhas, já que
entre eles,  65,2% dos entrevistados alegam que se sentem mais satisfeitos quando a transa dura mais tempo.

Um dado interessante demonstrado na pesquisa é o que revela que dentre das mulheres, quando perguntadas se pudessem escolher um único tipo de sexo para o resto da vida, 54,1% das entrevistadas disseram que prefeririam só dar rapidinhas, mas gozar todas às vezes, contra 45.9%
que preferem só fazer sexo longo, mas não necessariamente gozar todas às vezes.

O levantamento ainda mostrou que quase 85% dos usuários consideram que a rapidinha é um sexo de menos de 10 minutos de duração. Dentro desse montante, 45% acreditam que a prática é de um sexo de poucos segundos indo até 5 minutos de duração.

Na contramão da pesquisa, cerca de 67% das pessoas disseram que demoram mais de 10 minutos para gozar. Ou seja, nem sempre terminam o sexo com um orgasmo.

Para você que quer tentar uma rapidinha memorável, baixe já e gratuitamente o ebook 30 Dias de Fantasias de Amor e Prazer que traz sugestões de lugares para uma rapidinha memorável. Assim toda vez que você pensar em rapidinha, vai lembrar de uma de sucesso, e então já vai estar em ponto de bala para uma próxima 😉

ebook-gratis

Autor Julianna Santos

Relações Públicas, atuante em assessoria de imprensa e gestão de conteúdo para internet. Pós graduada em Educação Sexual pelo ISEXP – Instituto Brasileiro de Sexualidade e Medicina Psicossomática da Faculdade de Medicina do ABC, atendeu a várias empresas e profissionais do ramo erótico de 2002 até atualidade, estando inclusive a frente da sala de imprensa da Erótika Fair de 2002 a 2010. Também é certificada em Inbound Marketing pelo HubSopt Academy.

LEIA TAMBÉM

casal-socio-sexshop

Amor e negócios, esses dois se misturam?

Casais que escolhem embarcar juntos no empreendedorismo são cada vez mais frequentes. Mas será que existe um jeito de fazer a sociedade dar certo sem prejudicar a relação? Por Rosangela Matos *

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *