restaurante-altar

Restaurante Altar anuncia casamento LGBTQIA+ coletivo em São Paulo

Evento histórico marca compromisso pela inclusão e respeito

O Restaurante Altar anuncia o primeiro casamento coletivo LGBTQIA+ em sua unidade paulistana, marcado para a próxima sexta-feira, 1º de março. O evento, liderado pelas sócias Carmen Virgínia, Fátima Pissarra e Luísa Sonza, em parceria com o Núcleo Feminista de Pesquisas em Gênero e Masculinidade (Gema/UFPE), não apenas celebra o amor, mas também destaca um esforço contínuo para reforçar a diversidade.

“Nós, do Altar SP, rejeitamos veementemente qualquer forma de ódio e discriminação. Nosso objetivo é construir uma sociedade onde o amor seja verdadeiramente livre”, declara Carmen Virgínia, chef e sócia do Altar SP.

Ela ainda enfatiza que a felicidade pode ser encontrada tanto na solidão quanto na companhia e que todas as formas de amor merecem ser celebradas e respeitadas. “Com esse compromisso em mente, decidimos realizar um evento público que celebre o amor em todas as suas formas”, completa.

O Altar SP selecionou cuidadosamente cinco casais LGBTQIA+ para se unirem em matrimônio gratuitamente na unidade de São Paulo, onde receberão as bênçãos dos Orixás por meio dos respeitados Sacerdotes de Matriz Africana Pai Vevé e Dona Carmen Virgínia.

“As bênçãos serão dos orixás, porque, como sacerdotes, podemos fazer casamento, igual a padres e pastores”, explica Carmen, que também é Yabassé, ou seja, a responsável pelo preparo dos alimentos sagrados no candomblé. “Como é uma religião que sempre foi de acolhimento para a população LGBTQIA+, decidimos que essa será a nossa forma de fazer oposição”, reforça.

Em 2018, em sua unidade do Recife, a chef realizou um casamento coletivo, unindo 13 casais. Essa iniciativa foi motivada pelo receio de que o governo subsequente, ao assumir o poder no ano seguinte, pudesse fazer mudanças na legislação referente às uniões homoafetivas. “É com muita alegria agora estamos entusiasmados em trazê-la para São Paulo.

“É com muita alegria que agora estamos entusiasmados em trazê-la para São Paulo. Reunir amigos, familiares, empresários e artistas engajados na luta por uma sociedade mais justa é uma bela, emocionante e potente expressão de resistência. Todos estarão reunidos apenas para reafirmar que o amor deve ser livre e que todo projeto de felicidade deve ser respeitado.”

Carmen ainda conta que Pepita, ao lado de seu marido, Kayque Nogueira, e seu filho, o pequeno Lucca, terão um papel especial como os grandes padrinhos da celebração. “Eles estão demonstrando o seu compromisso e amor pela formação de uma família. Eles trazem consigo a mensagem do quão importante é a união de almas para a constituição de um lar”, declarou.

Além disso, a talentosa cantora Assucena terá a honra de abrilhantar a cerimônia com sua voz única. Assucena, uma artista baiana de Vitória da Conquista, estreou em carreira solo com um show emocionante em homenagem à icônica Gal Costa.

Serviço

Serviço – Casamento LGBTQIAP+ coletivo no Altar Cozinha Ancestral

Data: 01/04/2024

Endereço: R. Medeiros de Albuquerque, 270 – Jardim das Bandeiras, São Paulo – SP, 05436-060

Horário: 18h

Autor Julianna Santos

Relações Públicas, atuante em assessoria de imprensa e gestão de conteúdo para internet. Pós graduada em Educação Sexual pelo ISEXP – Instituto Brasileiro de Sexualidade e Medicina Psicossomática da Faculdade de Medicina do ABC, atendeu a várias empresas e profissionais do ramo erótico de 2002 até atualidade, estando inclusive a frente da sala de imprensa da Erótika Fair de 2002 a 2010. Também é certificada em Inbound Marketing pelo HubSopt Academy.

LEIA TAMBÉM

prolapso-vaginal

Prolapso vaginal: o que é e como tratar?

O prolapso vaginal é a descida de um ou mais órgãos pélvicos, como bexiga, útero ou reto, em direção à vagina. Apesar de ser mais comum em mulheres após o parto, também pode afetar mulheres que nunca engravidaram. Saiba quais são os sintomas, como prevenir e tratar o prolapso vaginal aqui.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verified by ExactMetrics