sexualidade-e-saude-mental

Nessa 3a: Centro Cultural da Diversidade debaterá sexualidade e saúde da mente

O Instituto Bem do Estar e a NOZ Inteligência levarão ao Centro Cultural da Diversidade, em 27 de fevereiro, debates sobre a intersecção de sexualidade e saúde da mente. Entre os palestrantes, especialistas como Ana Canosa, Christiane Marcello, João Vitor Borges, Reinaldo Bulgarelli, Tiago Florêncio e Tony Willian Boita.

O Centro Cultural da Diversidade, em São Paulo, será palco de importantes debates sobre a complexa relação entre sexualidade e saúde mental. O evento gratuito – que acontecerá em 27 de fevereiro, a partir das 18 horas – contará com a participação de renomados especialistas.

As inscrições estão abertas e podem ser feitas pelo link https://www.nozinteligencia.com.br/sexualidadeesaudedamente.

Na mesa O Duplo Tabu: Sexualidade e Saúde Mental, João Borges, psicólogo e educador; Reinaldo Bulgarelli, do Fórum LGBTI+; e Tony Willian Boita, do Museu da Diversidade, debaterão como os tabus e os preconceitos afetam aspectos vitais da vida em sociedade. Além disso, abordarão como as normas sociais, as crenças arraigadas e as estruturas institucionais relacionadas à sexualidade perpetuam os estigmas e impactam a saúde da mente coletiva.

Ana Canosa, psicóloga e terapeuta sexual; Christiane Marcello, CEO da Sophie Sensual Feelings e sexóloga; e Tiago Florêncio, psicólogo e especialista em sexualidade, estarão na segunda mesa, que abordará a importância do autoconhecimento sobre o prazer para a sexualidade e saúde da mente. Dentro da temática, os participantes debaterão como o prazer está intrinsecamente ligado à sexualidade, sendo uma parte essencial do bem-estar integral, ou seja, físico, mental e social.

Como parte da programação do evento será lançado o livro digital “Sexualidade e Saúde da Mente – Um estudo de seus impactos no indivíduo e na sociedade”. A obra pioneira é resultado de uma ampla pesquisa qualitativa e quantitativa, envolvendo mais de 1.400 participantes e que oferece análises aprofundadas e entrevistas com especialistas.

“Esperamos com o evento e com o livro “Sexualidade e Saúde da Mente” desafiar tabus. Nosso foco foi promover uma compreensão mais profunda da sexualidade humana e sua influência vital na saúde mental individual e coletiva.” Juliana Vanin, fundadora da NOZ Inteligência e uma das coordenadoras do projeto.

“O evento, especialmente as mesas de debate, foi pensado para oferecer insights valiosos e contribuir com informações públicas qualificadas, com o objetivo de fomentar a construção de uma cultura em saúde mental que reconheça e aborde de forma adequada as questões relacionadas à sexualidade”, completa Isabel Marçal, cofundadora do Instituto Bem do Estar e uma das coordenadoras do projeto.

SERVIÇO

“Sexualidade e Saúde da Mente – Um estudo de seus impactos no

indivíduo e na sociedade”

Data: 27/2/2024

Local: Centro Cultural da Diversidade – Rua Lopes Neto, 206, Itaim Bibi

Link de inscrição: https://www.nozinteligencia.com.br/sexualidadeesaudedamente

AGENDA

18h00 Credenciamento

18h30 Abertura

18h35 Apresentação do estudo

18h50 MESA 1 – O duplo tabu: sexualidade e saúde da mente

19h40 Intervalo

19h50 MESA 2 – A importância do autoconhecimento sobre o prazer para a sexualidade e saúde da mente

20h40 Encerramento

20h45 Celebração

PALESTRANTES CONFIRMADOS

ANA CANOSA: Psicóloga. Educadora e Terapeuta Sexual. Professora. Comunicadora. Colunista de Universa e apresentadora do podcast Sexoterapia. Diretora de publicação da Sociedade Brasileira de Sexualidade Humana.

CHRISTIANE MARCELLO: Sexóloga e Empresária, idealizadora das marcas Sophie Sensual Feelings, fabricante de cosméticos de autocuidado e bem-estar sexual, há sete anos no mercado, e da LovePlan, empresa que promove imersões para casais, desde 2017. Ex-executiva de Marketing de grandes empresas de cosméticos, Chris foi pioneira em trazer um olhar feminino para a jornada de autoconhecimento e prazer da mulher, fazendo um novo “recorte” no mercado erótico, inaugurando o segmento de Sexual Wellness no Brasil.

JOÃO VITOR BORGES: Psicólogo, formado pela Universidade Guarulhos, pós-graduando em Estudos Brasileiros de Educação, Sociedade e Cultura pela FESPSP, atua como psicólogo clínico e trabalha na programação socioeducativa do Sesc São Paulo. É conselheiro do Instituto Bem do Estar.

REINALDO BULGARELLI: Sócio-diretor da Txai Consultoria e Educação e secretário- executivo do Fórum de Empresas e Direitos LGBTI+.

É educador, conferencista e escritor. Atua na área social desde 1978, sobretudo com Direitos Humanos e Desenvolvimento. Gosta de diversidade, equidade e inclusão e trabalha para que tenhamos um ambiente de negócios que goste de gente, que respeite gente, que valorize a nossa pluralidade, incluindo a diversidade sexual e de gênero.

TIAGO FLORÊNCIO: Psicólogo pela Universidade de Taubaté com formação em Clínica Analítico-Comportamental Infantil pelo Paradigma (Centro de Ciências do Comportamento), Tiago Florêncio é mestre em Análise do Comportamento Aplicada pela mesma instituição e sexólogo pelo Instituto Paulista de Sexualidade. Possui formação em Sexualidade e Saúde LGBT pelo Centro de Estudos da Família e do Indivíduo. Atualmente é professor no Paradigma, em São Paulo; professor no Instituto Continuum, em Londrina; professor da Diade Lab; e preceptor na residência médica em Psiquiatria no Hospital Nardini (Mauá, São Paulo). Além da atuação como psicólogo clínico e educador sexual, dedica-se a pesquisas nas áreas da sexualidade humana e da neurodiversidade. Filho de uma família de muitos professores, tem a mãe como modelo de docente, mas, especialmente, de humanidade. Homem, cis, gay e branco, reconhece seus privilégios e tenta fazer uso deles para discutir a cisheteronormatividade.

TONY WILLIAN BOITA: Bacharel em Museologia pela Universidade Federal de Goiás (2015), Museólogo (COREM), Especialista em Gestão Cultural (2019), Mestre em Antropologia Social (2017) e Doutor em Comunicação (2022) pela Universidade Federal de Goiás. Participa e desenvolve projetos de ensino, pesquisa e extensão relacionados a populações vulneráveis brasileiras desde 2011, tendo em vista a promoção da cidadania e cultura por meio de exposições e mídia digital. É editor da Revista Memórias LGBT e articulador da Rede LGBT de Memória e Museologia Social. Em 2015 coordenou o projeto Memória LGBT no Museu de Favela, Pavão, Pavãozinho e Cantagalo (MUF), financiado pela Secretaria Municipal de Cultura do Rio de Janeiro em comemoração aos 450 anos da cidade. Foi professor substituto no bacharelado em Museologia da Universidade Federal de Goiás (2015-2017). Foi Diretor do Museu das Bandeiras, Museu de Arte Sacra da Boa Morte e Museu Casa da Princesa, museus vinculados ao Instituto Brasileiro de Museus (2018-2022).

APRESENTAÇÃO E MEDIAÇÃO

ISABEL MARÇAL: Especialista em gestão de projetos sociais, com 18 anos de experiência no setor de impacto social, à frente da gestão de organizações. Possui formação em Psicologia Positiva e facilitação em grupos. Atualmente cursa psicanálise e é cofundadora do Instituto Bem do Estar, organização dedicada a fomentar uma mudança de comportamento em relação à saúde mental.

JULIANA VANIN: Em 2015 fundou a NOZ após ter atuado por 10 anos como gestora da área de Inteligência de Negócio. Juliana é economista formada pela Universidade de São Paulo (USP); pós-graduada em Finanças pelo Insper; especialista em Pesquisa de Mercado e Inteligência de Negócios. Tem estudado temas como Coolhunting: Pesquisa de Consumo, Inovação e Tendência de Mercado; Julgamento, Decisão e Escolha; Economia Comportamental e Psicologia.

LAURA BING: Cientista social formada na FFLCH-USP e psicanalista formada pelo Instituto Sedes Sapientiae. Já atuou com pesquisas na área de avaliação de políticas públicas e privadas, pesquisas na área ambiental e também em avaliação de impacto de empreendimentos em território de populações tradicionais, como quilombolas e ribeirinhos. Atualmente, divide seu tempo com o consultório e também participa da Clínica Aberta, um coletivo de psicanalistas que atende aos sábados na Casa do Povo, centro cultural localizado no Bom Retiro, em São Paulo.

Autor Julianna Santos

Relações Públicas, atuante em assessoria de imprensa e gestão de conteúdo para internet. Pós graduada em Educação Sexual pelo ISEXP – Instituto Brasileiro de Sexualidade e Medicina Psicossomática da Faculdade de Medicina do ABC, atendeu a várias empresas e profissionais do ramo erótico de 2002 até atualidade, estando inclusive a frente da sala de imprensa da Erótika Fair de 2002 a 2010. Também é certificada em Inbound Marketing pelo HubSopt Academy.

LEIA TAMBÉM

prolapso-vaginal

Prolapso vaginal: o que é e como tratar?

O prolapso vaginal é a descida de um ou mais órgãos pélvicos, como bexiga, útero ou reto, em direção à vagina. Apesar de ser mais comum em mulheres após o parto, também pode afetar mulheres que nunca engravidaram. Saiba quais são os sintomas, como prevenir e tratar o prolapso vaginal aqui.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verified by ExactMetrics