projeto-erotico

Qual é o seu projeto erótico?

Você sabe o que mais te excita, como gosta de receber os toques, qual o tipo de abordagem do parceiro te deixa com mais desejo, quais fantasias te enchem de tesão? Veja agora como definir o seu projeto erótico!

Concebido pela sexóloga somática e educadora Jaiya, da Califórnia nos Estados Unidos, a ideia do projeto erótico é como se fosse um mapa para te ajudar a entender seu estilo sexual primário.

Ao conhecer seu estilo sexual e também o de seu par, o sexo passa a se tornar menos uma questão de adivinhação e mais uma questão de seguir esse modelo.

É um conceito parecido com as 5 linguagens do Amor de Gary Chapman, só que em vez de te ajudar no romance, te auxilia no sexo.

Com ele, ficará mais claro para você estabelecer limites, e dessa forma também te deixará mais confiante para pedir ao seu par o que precisa e ensiná-lo o que te excita.

Mas é importante salientar que esse projeto erótico é mutante ao longo das fases da vida e do relacionamento, pois estão envolvidos muitos fatores que cercam o nosso exercício da sexualidade como a idade, a saúde, o autoconhecimento e as experiências sexuais que podem tanto ampliar as possilibidades quanto ser um desafio que leva a descobertas de soluções ainda não vivenciadas.

Por isso, mesmo que você encontre o seu projeto erótico hoje, pode ser que daqui a alguns anos ele precise ser remodelado e portanto é essencial que haja diálogo, intimidade e parceria em relacionamentos longos para que haja espaço para modificá-lo.

Conheça agora os cinco projetos eróticos

Na teoria de Jaiya existem cinco tipos de projetos eróticos mais comuns. Veja abaixo com qual deles você mais se identifica. Este será então, o seu projeto erótico primário.

Sensual

Este é o projeto de pessoas mais sensoriais, ou seja, que se excitam através dos cinco sentidos: visão, audição, olfato, paladar e tato.

Por exemplo: você se excita mais em um jantar romântico à luz de velas ou em um ambiente mais organizado do que um quarto sujo com música ruim? Então considere que o seu projeto erótico é do tipo sensual. Para você indicamos jogos eróticos, massagem sensual com óleos afrodisíacos e ambientes decorados para uma noite especial.

Sexual

Mas se para você tudo o que falamos no tópico acima não tem tanta importância, e o que vale mesmo é o sexo pelo sexo e tanto faz onde e quando ele aconteça e podemos até arriscar em dizer que quanto mais inesperado for melhor é para você?

Então, seu projeto erótico é sexual! E tudo bem: nossa sugestão é que você explore essa vontade por posições sexuais novas, locais e práticas diferenciados, além da cama em casa com direito a aventuras sexuais inusitadas.

Energético

Para você, o sexo começa muito antes de um beijo, do encontro ou das preliminares? Seja bem vindo ao clube das pessoas que precisam antecipar o desejo sexual para senti-lo crescendo por dentro! Estimule sua mente com convites e mensagens picantes ao longo do dia, planeje situações eróticas para executá-las no futuro.

E a dica de ouro é prolongue as preliminares com danças e massagens sensuais, ou mesmo um RPG erótico!

Excêntrico

Quanto mais proibido, melhor para você? Gosta de fetiche, jogos de submissão e dominação, voyeurismo, ou tem taras que são só suas? Sendo consensual, são e seguro, tá tudo bem!

O importante aqui é ter consciência desses limites e procurar parcerias que se encaixem com esse projeto, pois de todos eles é o mais desafiador. Mas, uma vez que você esteja bem consciente do que gosta e encontrar a parceria certa, estará no caminho de descobertas extremamente prazerosas.

Metamorfo

Algumas pessoas podem preferir misturar e combinar os outros quatro projetos eróticos que citamos acima. Muitas vezes, isso pode acontecer para aqueles que se excitam com o que excita os seus pares, por exemplo.

Dessa forma, você acaba adaptando o seu projeto erótico com o projeto erótico do seu par que é diferente do seu. Ou seja, com um par, você pode descobrir que o sexo sensual combina mais com você; com outro, você pode achar que suas taras também te excitam. Imagine a benção que é ser assim em um relacionamento, pois você pode experimentar tudo o que já sugerimos aqui!

Concluindo: uma vez que você entende melhor qual o seu projeto erótico e qual é o projeto erótico do seu par, não fica agora mais fácil negociar limites e preferências na hora do sexo?

A questão não é necessariamente que vocês tenham que ter o mesmo projeto erótico para ter um relacionamento feliz e equilibrado. Mas sim evitar julgamentos e desconfianças que trazem mágoas e insegurança para sua intimidade. Trata-se de autoconhecimento, aceitação e respeito.

Você pode trocar uma noite do seu projeto sensual por uma noite do projeto sexual do seu par, se for esse o caso, por exemplo. Talvez resulte em combinações até mais explosivas como unir um projeto energético com um excêntrico.

Ou mesmo abrir novas possibilidades para o seu par desenvolver esse projeto excêntrico com outras pessoas sem ferir o pacto conjugal de fidelidade, se for essa a sua realidade. Pense nisso.;)

Autor Julianna Santos

Relações Públicas, atuante em assessoria de imprensa e gestão de conteúdo para internet. Pós graduada em Educação Sexual pelo ISEXP – Instituto Brasileiro de Sexualidade e Medicina Psicossomática da Faculdade de Medicina do ABC, atendeu a várias empresas e profissionais do ramo erótico de 2002 até atualidade, estando inclusive a frente da sala de imprensa da Erótika Fair de 2002 a 2010. Também é certificada em Inbound Marketing pelo HubSopt Academy.

LEIA TAMBÉM

Os mitos e verdades sobre o tamanho do pênis

O artigo fala sobre mitos e verdades sobre o tamanho do pênis. Ele esclarece que existem técnicas e exercícios que podem ser feitos para aumentar o tamanho do pênis, mas que as cirurgias devem ser consideradas com cuidado devido aos possíveis efeitos colaterais. Também menciona que o tamanho do pênis não é o mais importante para as mulheres e que o tamanho médio do pênis é de cerca de 12 a 16 cm. O artigo também menciona sobre os acessórios para aumentar o penis, como extensores, bombas de vácuo e pesos, mas alerta para o uso com cuidado e sempre consultar um médico antes de utilizá-los. Em resumo, o artigo esclarece que o tamanho do pênis não é tão importante quanto se pensa e que existem opções para aumentá-lo, mas é preciso ter cuidado e sempre buscar orientação médica.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *