Projeto Luxúria Baile de Vampiros comemora aniversário de Heitor Werneck 

Evento acontece neste sábado, dia 13 e terá entre as atrações suspensão corporal e coleta de doações para pessoas trans em situação de rua 

Considerada uma das 4 melhores festas fetichistas do mundo, o Projeto Luxúria foi a primeira do gênero do Brasil e é muito amada e esperada pelos praticantes e simpatizantes do BDSM e fetiche em todo o país.

Criado pelo estilista e figurinista em 2006 o Projeto Luxúria acontece mensalmente em São Paulo, e tem como uma de suas principais propostas, a valorização  do “dress code”, incentivando os frequentadores a usar roupas temáticas, com referências sadomasoquistas, circenses, militares e fantasias de couro ou látex.

16-ANOS-PROJETO-LUXURIA

A inspiração vem de eventos de fetiche de clubes estrangeiros. Porém, o sexo explícito é proibido. O objetivo é oferecer um espaço para que as pessoas realizem suas fantasias.

Heitor Werneck, considerado o Rei do Fetiche no Brasil, também é produtor cultural, ativista e forte aliado da comunidade LGBTQIA +.

Como produtor de moda e eventos, é um nome de destaque no mundo da moda e da cultura urbana. Sua influência no cenário fashion remonta aos anos 90, com a criação da grife Escola de Divinos, que conquistou sucesso entre os clubbers de todo o país. 

Sua expertise e talento o levaram a trabalhar como diretor, consultor e produtor de arte em diversas produções de TV e streaming, incluindo projetos renomados como ‘Mandrake’, ‘Psi’, ‘Bom Dia, Verônica’, ‘Guerra dos Sexos’ e ‘Vamp’.

Suspensão Corporal e Coleta de Doações para pessoas trans em situação de rua

Adepto da suspensão corporal, fetiche em que a pessoa recebe ganchos na pele e é suspenso por eles, Heitor Werneck comemora seu aniversário em grande estilo no já tradicional Baile de Vampiros, tema da edição de abertura da temporada anual do Projeto Luxúria.

Mas o outro lado dessa pessoa tão especial é o seu lado solidário: Heitor sempre se envolveu em ações solidárias de apoio às pessoas em situação de rua, e esse ano, ele pede às pessoas que irão à festa que tragam de presente não só os chocolates que ele tanto ama, mas também itens de higiene pessoal e maquiagem que ele irá distribuir em um almoço no dia 14, domingo, para as trans de rua de São Paulo. 

Para saber mais sobre o Projeto Luxúria leia também nossa entrevista exclusiva com Heitor Werneck aqui

E acesse: www.projetoluxuriaoficial.com.br

Serviço:

🦇 Projeto Luxúria –  Baile dosVampiros 🦇

🎂 B-DAY DO HEITOR WERNECK 🎂

Sábado, 13 de Janeiro – 23:59 às 06h

Garanta já o seu convite👇🏻

⚠️FESTA LIMITADA EM 300 PESSOAS!!⚠️

☑️Pessoas Trans e Crossdresser R$ 50,00 (R$ 30,00 de consumação)

➡️ Valores na Porta sem lista

☑️SOCIAL PRETO: R$ 190,00 (consome R$ 20,00)

☑️JEANS/FIGURINO COLORIDO R$ 300,00

💰Pix-CNPJ: 19.398.150/0001-23

▶️ após o pagamento enviar comprovante para o (11) 93497-1755 ou mande seu nome por e-mail no listaluxuria@gmail.com 

O que esperar da festa:

🎬 Cinema 3rótico

🏊🏻‍♀️ Piscina aquecida

🚿 Chuveiros

⛓️ Estrutura para Suspensão corporal 

🛁 2 Saunas

👯‍♂️Performances artísticas

🎧 2 Djs botando fogo na pista 

🍸 2 Bares interativos

🚗 Estacionamento 24 em frente a casa

🎒 Chapelaria 

🔒 Segurança 

Rua Aurora,  710 – República,  São Paulo  – SP

Autor Julianna Santos

Relações Públicas, atuante em assessoria de imprensa e gestão de conteúdo para internet. Pós graduada em Educação Sexual pelo ISEXP – Instituto Brasileiro de Sexualidade e Medicina Psicossomática da Faculdade de Medicina do ABC, atendeu a várias empresas e profissionais do ramo erótico de 2002 até atualidade, estando inclusive a frente da sala de imprensa da Erótika Fair de 2002 a 2010. Também é certificada em Inbound Marketing pelo HubSopt Academy.

LEIA TAMBÉM

sindrome-da-boazinha

Síndrome da Boazinha: quando a necessidade de agradar o outro se torna um problema

Você se considera boazinha demais? Está sempre em busca da aprovação do outro? Acha que as pessoas podem estar se aproveitando de você, em função do seu  jeitinho? Tem dificuldade de dizer não, mesmo que não tenha tempo ou interesse em atender determinadas solicitações? Se você respondeu sim para estas perguntas, certamente sofre com a “Síndrome da Boazinha”. Este é um padrão de comportamento compulsivo e não um transtorno psiquiátrico, como explica Filipe Colombini, psicólogo e CEO da Equipe AT.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verified by ExactMetrics