Alyne-Meirelles-pergunte-para-a-especialista

PERGUNTE PARA A ESPECIALISTA – nova coluna assinada por Alyne Meirelles

Hoje estreia uma nova coluna aqui no MercadoErotico.org !  Um sonho antigo nosso será realizado pela sexóloga, educadora e terapeuta sexual Alyne Meirelles que a partir de agora vai tirar suas dúvidas sobre sexualidade, leitor(a). Você pode perguntar de forma totalmente anônima à coluna e que será respondida aqui por ela da mesma forma, sem que ninguém saiba da sua identidade. Assim mais pessoas poderão ter dúvidas semelhantes respondidas. 

Para começar, escolhemos uma dúvida frequente na cabeça de muitas pessoas, porém poucas perguntam a um especialista: quando a mulher ejacula, ela também goza?

As questões que envolvem o prazer feminino estão sempre no top list. Muitas pessoas, incluindo as mulheres não sabem a diferença entre orgasmo e ejaculação, sendo que uma grande parte da população feminina nunca teve nenhum dos dois.

Pois, vamos lá, orgasmo é o ápice do prazer sexual, que começa na sua “mente”, isso mesmo! Por isso que para ter um orgasmo você precisa estar relaxada, conectada com você e/ou com a sua parceria, daí o seu cérebro capta os sinais de excitação e libera as respostas físicas ao corpo, tais como tremores, taquicardia, contrações no canal vaginal, suor e a sensação de prazer.

Ele pode ser mais forte e intenso ou mais fraco, é importante saber que cada orgasmo será de um jeito e está tudo bem, é assim mesmo. Se você está bastante excitada e sente que chegou lá, acredite é o seu orgasmo.

Outra coisa é a ejaculação, ela é basicamente liberação de líquido, não necessariamente aquele esguicho que vemos em filmes pornôs, mas liberação de fluídos que saem do canal da uretra, não do canal vaginal (de onde sai a lubrificação natural).

Os estudos científicos sobre esse fenômeno ainda estão em andamento, mas já se sabe que não é urina, ela não tem cor e nem cheiro e pode variar na quantidade de mulher para mulher.

Outro ponto importante sobre a ejaculação feminina é que ela pode acontecer independente do orgasmo e vice versa. A mulher pode ejacular e não ter um orgasmo. E ter um orgasmo e não ejacular.

A grande mensagem neste texto é a seguinte: curta o percurso do prazer, não fique preocupada com o orgasmo e muito menos com a ejaculação. Divirta-se e se entregue… o que vier é apenas consequência!

Entre com seu email para receber as atualizações:

Desenvolvimento FeedBurner

 

Autor Pergunte para a Especialista Alyne Meirelles

Quem responde a todas as suas dúvidas sobre sexualidade é a Sexóloga, Educadora e Terapeuta Sexual Alyne Meirelles. Mestranda em Sexualidade Humana, Pós Graduada em Terapia Sexual e diversos cursos na área da sexualidade, gênero, diversidade e educação sexual. Palestrante das principais feiras do ramo erótico. Foi proprietária de 3 sex shops e 1 boutique sensual, especializada em eventos femininos. Presta consultoria à sex shops, consultores e escolas. Além de atender ao público com queixas em sexualidade. Está no ramo desde 2008. Envie sue pergunta de forma anônima pelo email falecom@alynemeirelles.com.br

LEIA TAMBÉM

campanha-fome-aquelas-coisas

Aquelas Coisas lança campanha contra a fome na pandemia

Varejista vai doar R$ 5,00 a cada compra feita em seu site para instituições de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *