Guia do ménage para mulheres: o que você precisa saber antes de apimentar a relação

Apesar do assunto ser cercado de tabus, dúvidas e até preconceito, muitas mulheres já pensaram em acrescentar mais uma pessoa na hora do sexo e realizar a fantasia do ménage a trois.

E, para elas, que querem apimentar suas relações sexuais,  se sentirem mais confiantes e confortáveis em novas formas de relacionamento, o Ysos responde, junto à especialistas da área, as 10 maiores dúvidas de mulheres quando querem e estão à procura ou curiosas sobre um relacionamento liberal.

O que uma mulher precisa saber antes de fazer um ménage?

Para quem está numa relação e busca o terceiro elemento, conversar sobre as características e os desejos de vocês como casal é essencial para saber seus fetiches.

Essa conversa é que vai ajudar na busca por essa pessoa. A construção desse perfil ajudará a aproximar pretendentes e afastar perfis não compatíveis.

Além disso, é imprescindível que todas as pessoas envolvidas estejam de acordo e encontrem o cenário mais favorável para viverem a experiência. 

De acordo com o psiquiatra, especialista em sexualidade, Dr. Fernando Calderan, a primeira e principal coisa a se ter em mente é o quanto, de fato, a mulher tem essa vontade e o quanto pode ser o desejo de agradar o parceiro.

“Se ao colocar na balança, a percepção é de que ela realmente quer isso, é só ir em frente. O ideal é nunca fazer nada para saciar mais o outro que a si mesmo. A mulher pode desistir se não gostar, às vezes a fantasia é para excitar mentalmente e nem sempre será prazeroso em si. É uma oportunidade para explorar os sentidos e descobrir toques, aumentando a possibilidade de prazer”, comenta. 


O que pode ajudar no consenso do casal?

A sinceridade, acima de tudo, e a confiança. 

Mayumi Sato, CMO de Sexlog (marca criadora do Ysos), pontua que essas práticas podem ser um processo de compartilhamento de prazer e que ele é maravilhoso justamente por ser feito com quem você ama e isso é libertador.

“Cada um aproveita do seu jeito, mas sempre pensando na qualidade da experiência de todos. Definir regras é importante e elas devem ser seguidas para evitar quaisquer problemas“, diz.

Como encontrar uma pessoa?

Aplicativos como o Ysos é o local perfeito para que casais, solteiros e solteiras interajam com o intuito de conhecer outros adeptos da prática, realizar fantasias, entre outras relações não convencionais.

O foco do App é proporcionar uma experiência extremamente segura e sigilosa, oferecendo recursos para que as pessoas possam se cadastrar e conversar até se sentirem confortáveis para marcar um encontro.

Como convidar e começar a conversa?

Existem várias maneiras de abordar o tema. Não tem certo e errado, mas algumas ideias são: contar de um sonho que teve ou sobre a experiência de um casal de amigos ou até mesmo sobre o que viu num filme ou num livro.

As mais ousadas podem preparar uma noite especial, com jantar, música, fantasias e trazer o assunto durante as preliminares e os amassos para sentir a reação da outra pessoa. 

O importante é ir no tempo de vocês, é preciso que a relação esteja estável, madura e que os dois estejam na mesma página, para evitar que interfira negativamente na relação de vocês.

Como ter um ménage seguro?

Para quem quer manter o máximo sigilo, Gustavo Ferreira, Head de Marketing do Ysos, indica manter os contatos separados dos e-mails e números de telefone usuais. 

Ter um número e um e-mail só pra isso? Se você quer anonimato, é sempre bom ter algo específico. Não compartilhar informações e endereços pessoais e escolher um apelido, são opções interessantes para manter a conversa e preservar a privacidade”. 

Ele também reforça que, após encontrar a combinação perfeita, é hora de conversar bastante e marcar o primeiro encontro em local público.

Existem riscos no ménage a trois?

Atenção à proteção de ISTs é mais que fundamental e óbvia, mas não custa reforçar. Por isso, a médica infectologista, Dra. Sheila Teodoro, pontua que a informação faz parte das preliminares. 

“Se informar sobre prazer e prevenção é essencial, por isso sempre sugiro que as pessoas estudem as possibilidades que podem fazer parte do seu contexto de vida. Converse sobre preservativos, práticas, parceiros e testagens. Cuide do que é tão valioso pra você: sua liberdade e sua saúde”. 

Como conversar sobre o ménage?

Na hora do rala e rola pode ser que não haja muitas regras e as coisas fluam naturalmente. Mas é sempre bom deixar claro algumas coisas.

Para Mayumi, por exemplo, é preciso expor seus gostos e preferências. “Só assim, com tudo bem explícito que será possível que a experiência seja agradável a todos. Minha dica é para que conversem, entrem em consenso e definem tudo o que será permitido. A regra mais importante, é claro, é a obrigatoriedade do preservativo na hora H. Não abra mão disso nunca”, declara.

Qual a dica de uma experiente para quem está começando?

Fátima Pimenta,  praticante do ménage masculino há 23 anos com seu marido e outros parceiros, conta: “A primeira vez foi muito mais tensa do que excitante, tudo aconteceu com nervosismo e incertezas. O medo sempre estará presente quando o próximo passo for passar da fantasia à realidade, mas quando a vontade for maior, nada poderá mudar o sentimento do casal e o ménage servirá para aumentar o desejo, a cumplicidade e o amor, que muitas vezes podem ser deixados de lado pela rotina do dia a dia”. 

É melhor com amigo ou desconhecido?

Gustavo Ferreira responde que depende de como você lida com as suas amizades e com a liberdade sexual.

“No Ysos, a gente valoriza muito a interação no app antes do encontro, justamente para que todas as partes estejam se sentindo à vontade antes de acontecer. A interação cria um clima de amizade junto ao desejo, deixando tudo mais natural. Indicamos que as pessoas envolvidas se encontrem antes, para que o clima de amizade e a química se intensifiquem, proporcionando uma experiência melhor”, diz.

Como lidar com ciúmes e insegurança entre o casal depois?

Seguindo essas dicas e mantendo o diálogo antes de tudo, os efeitos do ciúmes e das inseguranças diminuem muito.

Se o ciúmes e a insegurança existem, olhe para eles com carinho e atenção. Seja empática (o), tente enxergar a situação pela lente do outro.

Conversem de coração aberto e com sinceridade. Se for necessário, dêem um tempo das experiências liberais até se sentirem prontos para a próxima.

É importante se apegar aos fatos, eles ajudarão a contrapor os achismos e os monstros que o ciúmes e a insegurança tentam plantar na nossa cabeça.

Autor Julianna Santos

Relações Públicas, atuante em assessoria de imprensa e gestão de conteúdo para internet. Pós graduada em Educação Sexual pelo ISEXP – Instituto Brasileiro de Sexualidade e Medicina Psicossomática da Faculdade de Medicina do ABC, atendeu a várias empresas e profissionais do ramo erótico de 2002 até atualidade, estando inclusive a frente da sala de imprensa da Erótika Fair de 2002 a 2010. Também é certificada em Inbound Marketing pelo HubSopt Academy.

LEIA TAMBÉM

marlene-sexy-neonvibes

Neon Pen: um lançamento para você que adora uma luz apagada!

A linha Neon Vibes tem 10 produtos que além de serem comestíveis traz os sabores inusitados de maçã verde, morango com lichia e pitaya. Todos eles brilham sob a luz negra para você poder se divertir à meia luz ou no escuro mesmo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.