posições-sexuais-para-engravidar

Existe posição sexual ideal para engravidar?

Pessoas que sonham em ter filhos fazem e pensam de tudo para turbinar a fertilidade, até mesmo durante o sexo. Mas, será mesmo que existe uma posição sexual ideal para engravidar?

De acordo com a médica ginecologista, Dra. Camila Ramos (@dracamilaramos), referência em reprodução assistida e climatério, até hoje não há evidências ou estudos científicos que comprovem que a posição sexual, o repouso ou pernas para cima após o ato sexual garantem maior probabilidade de fecundação e gravidez.

“Não, não existe melhor posição para engravidar. O casal deve manter relações sexuais com maior frequência durante o período fértil e, caso estejam tentando há mais de um ano sem sucesso, a orientação é procurar um especialista. Na hora H é importante que o sexo seja prazeroso, sem levar em consideração à posição. Aproveitem o momento! E, claro, não acreditem em boatos ou textos sem fundamentos na internet, procure sempre o seu médico para tirar suas dúvidas”, ressalta a profissional.

De fato, o que realmente importa no momento da concepção é a mobilidade progressiva do espermatozoide e a quantidade. Normalmente, eles percorrem cerca de 20 centímetros até chegar ao final do trajeto pela trompa de Falópio.

Segundo dados da Organização Mundial da Saúde, são até 300 milhões de espermatozoides que integram uma ejaculação em média, porém, menos de 10 mil chegam ao entorno do óvulo para que apenas um possa fecundá-lo.

“Alguns fatores da capacidade reprodutiva de um casal, sobrepeso, uso constante de medicamentos, uso de álcool, doenças, idade e qualidade do óvulo e do espermatozoide são o que realmente influenciam para a concepção bem sucedida”, finaliza a médica.

Dra. Camila Ramos – ginecologista com ênfase em reprodução humana e climatério – CRM: 52-95691-0 – http://instagram.com/dracamilaramos

Graduada em medicina pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro, a médica carioca Dra. Camila Ramos é ginecologista e tem formação complementar pela Universidade de Porto (Portugal) na área da “Saúde da Mãe e da Criança: Ginecologia e Obstetrícia”.

Dra. Camila se destaca na área de congelamento de óvulos, climatério e é referência em reprodução humana na Clínica Vida e Gerar Vida desde 2017. Além disso, é diretora médica da Clínica Médica da Barra de 2018 até hoje.

Autor Julianna Santos

Relações Públicas, atuante em assessoria de imprensa e gestão de conteúdo para internet. Pós graduada em Educação Sexual pelo ISEXP – Instituto Brasileiro de Sexualidade e Medicina Psicossomática da Faculdade de Medicina do ABC, atendeu a várias empresas e profissionais do ramo erótico de 2002 até atualidade, estando inclusive a frente da sala de imprensa da Erótika Fair de 2002 a 2010. Também é certificada em Inbound Marketing pelo HubSopt Academy.

LEIA TAMBÉM

Guia do ménage para mulheres: o que você precisa saber antes de apimentar a relação

Veja as respostas para as 10 maiores dúvidas de mulheres quando querem e estão à procura ou curiosas sobre um relacionamento liberal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.