como-beber-com-moderacao-no-natal

Especialista dá dicas para evitar exageros alcoólicos na ceia

De infarto a disfunção erétil: hipertensão reduz qualidade de vida de 30% dos brasileiros. Veja as receitas de drinks da nutricionista Maíra Azevedo para quem não abre mão dos drinks nas festas, mas quer opções que pesem menos na balança.

Embora a proximidade das festas de fim de ano sejam sempre um gatilho para a busca por dietas, também são comuns os exageros durante a ceia, seja no Natal ou no Réveillon.

Apesar da alta nos preços no supermercado, o avanço da vacinação contra o coronavírus tem deixado as famílias brasileiras ansiosas para as festas.

Para a nutricionista Maíra Azevedo, além dos cuidados com o vírus, também é importante adotar medidas para evitar extremos com comida e bebida.

Exceções sim, mas com moderação

Como recomenda a especialista, independente da pessoa estar ou não seguindo algum tipo de dieta com o objetivo de perder peso, não há problema em se permitir sair um pouco da rotina enquanto comemora com parentes e amigos.

Contudo, Maíra reforça que isso não significa que tudo é permitido e que os excessos não vão trazer impactos negativos para o seu organismo.

Assim, ela afirma que é normal querer desfrutar da ceia com liberdade, mas é preciso ser honesto consigo mesmo na hora de definir o que é celebração e o que é apenas exagero.

“O que eu sempre recomendo para meus pacientes é abrir exceção apenas no jantar do dia 24 e no almoço do dia 25, por exemplo. Já nas outras refeições é importante tentar comer o mais equilibrado possível. Afinal, não há necessidade de abrir exceção de dois dias inteiros“, argumenta.

Como não pode faltar, a nutricionista também aponta uma estratégia para limitar a compulsão. “Sugiro começar a refeição pela salada. Assim, a pessoa conseguirá ter moderação ao comer os outros itens”, aconselha.

Cuidado com a bebida

Indo além dos pratos postos à mesa, Maíra Azevedo também dá dicas para evitar o excesso com a bebida alcoólica.

De fato, o gasto do brasileiro com bebidas cresceu mais de 4% durante a pandemia e esse é um item que também não costuma faltar durante as festas de fim de ano.

Sendo assim, a primeira recomendação da nutricionista é intercalar os drinks ou a cerveja com a ingestão de água. “Assim, além acabar bebendo menos, a pessoa também não terá ressaca no dia seguinte, que é consequência da desidratação causada pelo álcool”, explica a especialista.

Como outra estratégia apontada por ela para limitar os exageros alcoólicos, Maíra sugere que a pessoa faça um consumo consciente e dê preferência para bebidas que normalmente consegue ingerir em menores quantidades.

Da mesma forma, a nutricionista destaca que é importante lembrar que a bebida também contribui para o ganho de peso. “Também é possível reduzir as calorias de drinks usando energético zero, água tônica zero e adoçante ao invés de açúcar”, salienta.

Mentalidade saudável

De acordo com o relatório “Estatísticas da Saúde Mundial de 2021”, da Organização Mundial de Saúde (OMS), 22% da população adulta do Brasil está obesa. Assim, Maíra aproveita para frisar a necessidade de ter autorresponsabilidade na hora da ceia.

“Ninguém precisa comer para passar mal. Coma bem devagar, saboreando cada garfada. Além de perceber melhor o sabor da comida, a pessoa sentirá saciedade e comerá menos”, afirma.

Da mesma forma, embora os exageros ainda sejam tão comuns durante as festas, dados como o da OMS servem para reforçar a necessidade de manter hábitos alimentares saudáveis. Para a especialista, isso acaba refletindo no longo prazo também.

Ter uma alimentação saudável e equilibrada precisa ser um estilo de vida, afinal sua saúde depende disso. Quando a pessoa aprende a comer por fome e a identificar sua saciedade, ela tem liberdade de comer o que quiser, sem perder o controle. Então, as festas de final de ano nunca mais serão um problema”, completa.

Drinks que pesam menos na balança

Por fim, a nutricionista Maíra Azevedo dá dicas para quem não abre mão dos drinks nas festas, mas quer opções que pesem menos na balança:

  • Gin + suco de limão + gengibre + pepino + água com gás;
  • 50 ml de gin + 150 ml de água tônica zero açúcar + gelo e fatia de limão para decorar (Gin Tônica);
  • 250 ml de água de coco + 250 ml de suco de laranja + 250 ml de água tônica zero + suco de cranberry + hortelã a gosto;
  • 50 ml de gin + 1 ramo de alecrim + 4 zimbros levemente amassados + água tônica zero + gelo;
  • 50 ml de gin + 1 saquinho de chá de frutas vermelhas + água tônica zero + gelo.

Autor Julianna Santos

Relações Públicas, atuante em assessoria de imprensa e gestão de conteúdo para internet. Pós graduada em Educação Sexual pelo ISEXP – Instituto Brasileiro de Sexualidade e Medicina Psicossomática da Faculdade de Medicina do ABC, atendeu a várias empresas e profissionais do ramo erótico de 2002 até atualidade, estando inclusive a frente da sala de imprensa da Erótika Fair de 2002 a 2010. Também é certificada em Inbound Marketing pelo HubSopt Academy.

LEIA TAMBÉM

trap-bitch-funk-soft-porn

MC Lianna e B-Santy lançam “Trap Bitch” 

A MC Lianna é a mais nova contratada do selo HERvolution e a jovem promessa chega com lançamento no trap funk, um feat ao lado de B-Santy. Confira aqui a música "Trap Bitch" lançada hoje.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.