habilidades-de-donos-de-sexshop

6 habilidades que um empreendedor de sex shop deve ter para ter sucesso profissional

O mercado de sex shop tem se expandido nos últimos anos e se tornado um nicho cada vez mais lucrativo e por isso, competitivo. Para ter sucesso nesse ramo, um empreendedor precisa ter uma série de habilidades que vão além do conhecimento dos produtos que são comercializados.

O boom de vendas de vibradores durante a pandemia atraiu uma leva nova de empreendedores de sex shop ávidos em desenvolver o negócio dos sonhos: oferecer prazer através de produtos e ainda ganhar dinheiro com isso.

Em nosso levantamento “Perfil do Empreendedor do Mercado Erótico” de 2021, já haviamos notado que o número de novos empreendedores desse setor havia triplicado em relação ao ano anterior.

Porém, a realidade é diferente da famosa expectativa “sexo vende”. Não basta só abrir uma loja ou dizer aos amigos: “olha, agora tô vendendo produto erótico”. Há muito mais nesse negócio do que apenas mexer com a fantasia e os hormônios dos clientes.

Veja abaixo 6 habilidades que todo empreendedor de sex shop precisa ter ou desenvolver em sua jornada de sucesso que temos observado em grandes empresários do mercado erótico nessas últimas duas décadas:

  1. Habilidade de comunicação

A habilidade de comunicação é uma das mais importantes para um empreendedor de sex shop. É preciso ter a capacidade de transmitir informações de forma clara e objetiva, além de ouvir e entender as necessidades do cliente. Uma comunicação eficiente é essencial para conquistar a confiança do cliente e garantir que ele saia da loja.

Além disso, a comunicação é importante para lidar com fornecedores e parceiros de negócios. Um empreendedor de sucesso deve ser capaz de negociar preços e condições com fornecedores, bem como estabelecer parcerias estratégicas com outros negócios do ramo.

  1. Conhecimento dos produtos

Embora a habilidade de comunicação seja fundamental, o conhecimento dos produtos é igualmente importante. Um empreendedor de sex shop precisa conhecer em detalhes os produtos que estão sendo vendidos, suas funcionalidades, indicações e contra-indicações. É importante também estar atualizado sobre as novidades do mercado e as tendências em relação aos produtos.

Além disso, é importante conhecer a legislação referente aos produtos comercializados. No Brasil, a ANVISA é o órgão regulamentador dos produtos cosméticos e tem uma análise rigorosa sobre os mesmo sendo exemplar inclusive no mundo.

  1. Criatividade e inovação

Um empreendedor de sex shop deve ter a capacidade de inovar e ser criativo. Isso envolve desde a escolha dos produtos que serão comercializados até a forma como a loja é apresentada ao cliente.

Uma loja de sex shop pode ser um local desconfortável para algumas pessoas, e é importante que o empreendedor encontre maneiras de tornar o ambiente mais acolhedor e agradável. É possível investir em uma decoração diferenciada, música ambiente, iluminação adequada e outros elementos que tornem a experiência do cliente mais confortável e discreta sem deixar de inspirar suas fantasias.

Além disso, a criatividade é importante para desenvolver uma abordagem de atendimento que quebre as resistências e que ao mesmo tempo, atenda às necessidades dos clientes. Um empreendedor que inova e apresenta soluções criativas tem mais chances de se destacar no mercado e atrair mais clientes.

  1. Habilidade de marketing

O marketing é fundamental para o sucesso de qualquer negócio, e com um sex shop não é diferente. Um empreendedor de sucesso precisa ter habilidades de marketing para atrair clientes e conquistar novos mercados.

Isso envolve desde a criação de uma marca forte e atraente até a elaboração de campanhas publicitárias eficientes. Um empreendedor deve saber como usar as redes sociais e outras plataformas digitais para promover seus produtos e serviços.

Além disso, é importante conhecer o público-alvo e desenvolver estratégias de marketing que sejam eficientes para atrair esse público. É possível investir em promoções, descontos, brindes e outras estratégias para fidelizar clientes e aumentar o volume de vendas.

  1. Habilidade de gestão

Um empreendedor de sex shop precisa ter habilidades de gestão para garantir o sucesso do negócio. Isso envolve desde a gestão financeira até a gestão de equipe e de estoque.

É importante que o empreendedor saiba gerenciar os recursos financeiros da empresa de forma eficiente, controlando custos e investindo em áreas que gerem retorno. Além disso, é necessário ter um bom controle de estoque para garantir que os produtos estejam sempre disponíveis para os clientes.

A gestão de equipe é outra habilidade importante para um empreendedor de sucesso. É necessário saber como liderar e motivar a equipe, além de estabelecer processos e procedimentos claros para garantir que as atividades sejam realizadas de forma eficiente.

  1. Ética profissional

Por fim, é importante destacar que um empreendedor de sex shop deve ter ética profissional. Esse mercado ainda é visto com preconceito por muitas pessoas, e é fundamental que o empreendedor siga os princípios éticos em todas as suas atividades.

Isso inclui desde a escolha dos produtos comercializados até a forma como a loja é apresentada ao público. É preciso respeitar a privacidade dos clientes e garantir que eles sintam seguros e conforto na loja.

Além disso, é importante que o empreendedor esteja ciente da legislação e das normas éticas que regem o mercado de sex shop, evitando práticas ilegais ou antiéticas.

Com essas habilidades, é possível conquistar clientes, fidelizá-los e manter um negócio lucrativo e bem-sucedido. Vale lembrar que o mercado de sex shop ainda tem muito potencial de crescimento, e os empreendedores que aprendem e aproveitam as oportunidades certamente terão sucesso em seus negócios.

Autor Julianna Santos

Relações Públicas, atuante em assessoria de imprensa e gestão de conteúdo para internet. Pós graduada em Educação Sexual pelo ISEXP – Instituto Brasileiro de Sexualidade e Medicina Psicossomática da Faculdade de Medicina do ABC, atendeu a várias empresas e profissionais do ramo erótico de 2002 até atualidade, estando inclusive a frente da sala de imprensa da Erótika Fair de 2002 a 2010. Também é certificada em Inbound Marketing pelo HubSopt Academy.

LEIA TAMBÉM

sexualidade-da-geracao-z

Decifrando a Geração Z: primeiro relatório global sobre a sexualidade dos zoomers

De acordo com a pesquisa, 59% dos membros da Geração Z desejam um relacionamento aberto ou poliamoroso, citando benefícios como "experiências de vida sexual e/ou romântica mais plenas" (65%), "mente aberta/aceitação em relação a diferentes formas de amor" (54%) e "ajudar as pessoas a se ficarem mais confortáveis em pedir o que desejam para maior satisfação" (46%). Veja mais aqui.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verified by ExactMetrics