Por que os millennials estão perdendo a libido?

Especialista explica as principais causas da falta de sexo e como tratar

Cada vez mais, os millenials relatam casamento sem sexo. Uma pesquisa realizada em 2021 com pessoas entre 18 e 45 anos nos Estados Unidos mostrou que, entre os casados, esse é o grupo mais propenso a ter problemas com desejo sexual.

De acordo com os dados colhidos pelo Instituto Kinsey da Universidade de Indiana e pela empresa de produtos eróticos Lovehoney, 25,8% dos millennials casados relataram o problema, contra 10,5% dos casados mais novos da geração Z e 21,2% dos casados mais velhos da geração X.

“Eu entendo que pode ser difícil lidar com a baixa libido e o desejo diminuído pelo seu parceiro(a). No meu consultório, ouço todos os dias histórias de pacientes que estão passando por isso e sei que esses sentimentos podem ser devastadores para a autoestima e para o relacionamento como um todo”, relata o endocrinologista e metabologista Igor Barcelos, especializado pela Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia.

A pergunta é: o que acontece quando isso começa a desaparecer? Na verdade, ele explica que a redução da libido pode ser causada por vários fatores: questões emocionais e psicológicas, alterações hormonais, baixa autoestima, efeitos colaterais de alguns medicamentos e outros.

“É importante lembrar que a baixa libido não é normal! Eu entendo que pode ser difícil enfrentar essa situação sozinho e é por isso que os profissionais vão ajudar. Após uma avaliação, podemos determinar a causa da baixa libido e encontrar o tratamento mais adequado para cada paciente”, destaca, enumerando ainda alguns passos que vão auxiliar:

  1. Mantenha seus hormônios equilibrados
  2. Melhore sua autoestima, aumentando sua confiança em si mesmo;
  3. Converse com seu parceiro(a) e fale abertamente sobre suas preferências e desejos;
  4. Seja ativo e cuide do seu corpo, pratique exercícios e cuide da sua alimentação.

Uma opção que tem funcionado para muitos dos seus pacientes é a reposição com os implantes “chips” hormonais, que ajudam a regular os hormônios e devolvem o prazer. 

“Eu já vi relacionamentos serem completamente restaurados graças a esses implantes! A verdade é que a vida sexual é uma parte essencial da vida como um todo e é importante encontrar prazer nessa área. É aí que entra a libido – o desejo e impulso sexual que dá cor e sabor aos relacionamentos”, conclui.

Autor Julianna Santos

Relações Públicas, atuante em assessoria de imprensa e gestão de conteúdo para internet. Pós graduada em Educação Sexual pelo ISEXP – Instituto Brasileiro de Sexualidade e Medicina Psicossomática da Faculdade de Medicina do ABC, atendeu a várias empresas e profissionais do ramo erótico de 2002 até atualidade, estando inclusive a frente da sala de imprensa da Erótika Fair de 2002 a 2010. Também é certificada em Inbound Marketing pelo HubSopt Academy.

LEIA TAMBÉM

beneficios-do-pompoarismo-para-a-saude-da-mulher

Os Benefícios do Pompoarismo para a Saúde da Mulher

O pompoarismo é uma prática milenar originária da Índia e difundida na Tailândia, que consiste em exercícios de contração e relaxamento dos músculos do assoalho pélvico. Essa técnica, muitas vezes associada à sexualidade feminina, oferece uma série de benefícios para a saúde da mulher que vão muito além do aspecto sexual.  Veja mais aqui.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verified by ExactMetrics