mulheres jovens sonham mais com sexo

Mulheres mais jovens sonham mais com sexo

Um novo estudo da Universidade de Freiburg, na Alemanha descobriu que mulheres entre 16 e 30 anos estão sonhando mais com sexo do que a geração anterior.  

O estudo investigou cerca de 2.907 homens e mulheres. 18% dos entrevistados de ambos os sexos afirmaram que seus sonhos têm conteúdo sexual.

Os resultados foram comparados a um estudo de 1996. Essa pesquisa mais antiga já vinha mostrando um aumento de sonhos sexuais. Especialmente em mulheres. 

Os pesquisadores concluíram então que as mulheres já estão tendo três vezes mais sonhos eróticos. Agora estão apenas 3% abaixo da média masculina.

Um outro estudo da Academia Americana de Medicina do Sono concluiu que “a relação sexual era o tipo mais comum de conteúdo de sonho sexual. Depois vem as propostas sexuais, beijos, fantasias e masturbação”.

Como quem elas mais sonham

Os sonhos sexuais das mulheres também tinham duas vezes mais probabilidade de se centrar em figuras públicas. Já os homens tendem a ter múltiplas parceiras sexuais em seus sonhos.

20% dos sonhos sexuais das mulheres – e 14% dos sonhos dos homens – incluíam seus parceiros atuais ou passados.

O aumento do número de sonhos sexuais entre mulheres é creditado ao feminismo. Além de uma mudança de atitude entre as mulheres.

“Pode-se especular que as mulheres mais jovens na sociedade moderna lidam com a sexualidade mais abertamente que as mulheres mais velhas de gerações anteriores”. A afirmação é  do autor do estudo.

Psicólogos dizem que este aumento da atividade sexual no cérebro pode ser causado por mulheres que se sentem menos vergonhosas em relação à sua vida sexual. Cerca de 18% dos sonhos das pessoas tendem a ter elementos eróticos.

Isso é três a quatro vezes mais do que sonhamos com esportes ou política.

Entre com seu email para receber as atualizações:

Desenvolvimento FeedBurner

 

 

Autor Julianna Santos

Relações Públicas, atuante em assessoria de imprensa e gestão de conteúdo para internet. Pós graduada em Educação Sexual pelo ISEXP – Instituto Brasileiro de Sexualidade e Medicina Psicossomática da Faculdade de Medicina do ABC, atendeu a várias empresas e profissionais do ramo erótico de 2002 até atualidade, estando inclusive a frente da sala de imprensa da Erótika Fair de 2002 a 2010. Também é certificada em Inbound Marketing pelo HubSopt Academy.

LEIA TAMBÉM

capacitacao-ginastica-intima

Mirna Lacerda abre nova turma de Capacitação em Ginástica Íntima

Além do conteúdo sobre as técnicas e exercícios de Ginástica Íntima, os empreendedores do mercado erótico vão aprender a didática, ou seja, como ensinar suas próprias clientes a treinar seus músculos pélvicos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *