guia-do-sexo-oral-felacao

Guia mais que prazeroso para a felação, por Marianna Kiss

“A gente até pode conversar, mas minha boca gostaria de fazer outras coisas com você.” Marianna Moreno

Danadinha essa Marianna, hein! Parece até alguém que eu conheço. 

Felação – eita palavrinha que até para mim que sou a terapeuta mais preparada para te atender soa estranha –, também chamada de “boquete” e “chupeta” aqui no Brasil e “broche”, “bobó” e “bico” em Portugal. E não é que fui passear por lá este ano! Pena que já estava meio brigada com meu ex marido atual crush e não pude praticar uma deliciosa felação.  

A prática é o sexo oral no pênis e na bolsa escrotal e também envolve o uso da boca e da garganta – sim, teremos uma lição sobre garganta profunda em seguida. 

O mesmo que recomendei a você, no texto anterior, para que guiasse seu par, eu digo: comece com um beijo bem quente nos lábios do parceiro, depois vai descendo a boca em paralelo às pontas dos dedos para estimular todo o corpo dele até chegar à virilha. A partir daí é que é um pouquinho diferente porque você terá um corpo peniano inteiro para apreciar, massagear, lamber ou usá-lo como uma barra para bater em seu rosto. Tudo isso excita muito os homens. Jamais use os dentes tanto no saco quanto no corpo do pênis e, principalmente, na glande. Bem como você também não gosta que ele os use em seu clitóris e lábios de baixo, pois não? Diferentemente de nós que, em maioria, preferimos movimentos leves, eles gostam de movimentos com mais pressão, logo, vá com tudo à medida em que ele ficar mais excitado. 

Muitos homens ficam tensos quando transam pela primeira vez com uma mulher e por isso há a probabilidade do pênis não estar ereto na hora em que você partir para cima. Eu não gosto de chupar um pinto mole e, quando isso acontece, eu coloco o pênis todo na boca simulando a garganta profunda e eles sempre se excitam. E, quando estou com o maxilar cansado, eu alterno o sexo oral com a masturbação no movimento de sobe e desce indo da base do pênis até a cabeça. E você acredita que eu já tive uma luxação na articulação temporomandibular por conta de chupar muito um namorado que tive? Fiz tratamento e tudo para melhorar. Voltando ao assunto, você pode iniciar o sexo oral no pênis lambendo o corpo como se fosse um sorvete, de forma lenta e devagar, ao mesmo tempo em que estimula o saco com as mãos. Depois, abocanhe a cabeça do pênis de um jeito que deixe sua boca o mais fechada possível e movimente a língua provocando uma sucção, como se estivesse chupando o seu suco predileto com canudinho. A parte que eles mais gostam de ser estimulados é na glande, ok?! Você também pode passar as pontas dos dedos no períneo que é a região entre a bolsa escrotal e o ânus, esse movimento estimula indiretamente a próstata que é o órgão interno do homem de maior sensibilidade e prazer, inclusive ela é chamada no mercado erótico de “ponto G masculino” ou simplesmente “ponto P”. E por falar no ânus, o sexo oral nele – e em você também – inclui o beijo grego e nós já tratamos disso na lição passada. 

Amada diva, eu não lembro mesmo se já citei isso aqui, mas o ponto de excitação de homens e mulheres nada tem a ver com a orientação sexual. Já te mostrei aqui o quanto o sexo anal é prazeroso para nós e é para eles também. Quando um parceiro permite que você chegue ao beijo grego ou pede isso é porque há muita confiança e sabe o que isso significa? Que vocês estão a poucos passos de um compromisso sério e de maior intimidade no sexo. Entenda também que ele não é homossexual! 

Assim que você apreciar todo o corpo do pênis e glande, explore bem a área do escroto sem preconceitos ou nojinho. O saco é pele e não há porque não estimular seu parceiro ali. A única coisa chata é quando o saco é muito peludo, mas aí você combina com ele que se depile antes de chegar na hora H. Uma coisa que é tiro e queda é quando você suga as bolas, isso dá uma pressãozinha que qualquer homem vai às nuvens de tanto tesão. Dito tudo isso, sinta-se livre também para lamber, chupar, engolir ou fazer qualquer outra coisa que te venha à mente. 

Você ainda pode incrementar a prática com a famosa “espanhola” ou coito inter mamário. É quando você masturba o pênis do parceiro com seus seios, apertando-o para gerar pressão e provocar prazer. Você ainda pode lamber a glande do pênis, se conseguir alcançar, é claro. 

Tanto na felação quanto na cunilíngua e na anilíngua há o risco de se contrair algumas infecções sexualmente transmissíveis, contudo, é bem menor do que no sexo com penetração vaginal e anal. A transmissão pode ocorrer quando os fluídos seminais do homem ou da lubrificação natural da mulher entram em contato com lesões presentes na boca de quem está praticando o sexo oral. Ginecologistas e urologistas indicam que façamos sexo oral ou com camisinha – o que é horrível por conta do gosto e por isso existem as saborizadas – ou com o higipack – aquele filme plástico que embala alimentos. 

Já ouvi relatos de algumas mulheres que não gostam de fazer o sexo oral no parceiro porque a posição em que a mulher se coloca para tal incita submissão. Diva linda, eu entendo que ainda tenhamos essa impressão, pois como eu já disse aqui anteriormente, povos conquistados eram escravizados – em geral, os homens trabalhavam de forma forçada e a mulher era prostituída – contudo, hoje, o fato de você se ajoelhar para chupar o pênis do parceiro não significa mais isso, a não ser que ele tenha alguma reação que provoca em você essa sensação. Caso seja isso, converse com ele e proponha a posição 69. E, para resumir tudo, eu criei uma receitinha básica para que consulte facilmente sempre que precisar, mas deixo claro que, com o tempo e experiência você vai criar seu próprio método, afinal é para isso que estou aqui sendo sua guia no DONA DO PRÓPRIO PODER – para te dar autonomia:

  1. Com a mão que menos utiliza, segure a base do pênis com firmeza, mas sem apertar – se for destra, use a esquerda e se for canhota, a direita – e com a outra, acaricie o corpo do mesmo com leveza. Ao mesmo tempo, comece a lambida na glande em movimentos circulares.
  2. Deixe livre a mão que está na base e acaricie a bolsa escrotal.
  3. Tire a boca da glande, olhe profundamente para a cara de prazer dele e lamba do períneo até a glande do pênis como se estivesse se deliciando com um sorvete.
  4. Faça o mesmo lambendo a virilha e use desse método para descansar a boca.
  5. Agora parta para a sucção da glande e sinta se ele gosta que seja mais suave ou intensa, mais lenta ou rápida – ou ele vai empurrar sua cabeça ou pedir e caso ele não se manifeste, pergunte sutilmente enquanto acaricia o saco.
  6. Caso tenha habilidade e conhecimento para tal, tente colocar o pênis todo na boca, caso não, relaxe e foque no que consegue fazer. Corta o clima quando a mulher engasga ou reage com aquele movimento de vômito porque não deu conta da garganta profunda – calma que ainda vou falar sobre ela.
  7. Coloque o pênis na boca – o quanto conseguir – e movimente-a subindo e descendo caprichando quando chegar na glande. Quanto a velocidade e intensidade da bocada, ele vai demonstrar como gosta, caso não, pergunte de forma sedutora. Ao mesmo tempo, masturbe-o também no movimento de desce e sobe como se fosse um complemento da sua boca.
  8. Chupe o saco e alterne com a sucção de cada bola – eles amam e eu também.
  9. Deixe sua imaginação e desejo fluírem. Lembre-se que uma das formas maravilhosas de ter prazer é ver que seu parceiro está sentindo muito, muito, muito prazer – eu canso de ouvir isso dos homens que amam cunilíngua.
  10. Assim que sentir que ele vai ejacular, você decide se vai engolir ou tirar a boca antes. Ou receba a gozada na boca – para não quebrar essa fantasia que é unânime entre eles – e depois saia de fininho para cuspir na pia do banheiro, aliás, é isso que eu faço.
  11. Se o boy da vez for apenas um caso, use camisinha para se prevenir de IST´s, ok?! Eu exijo do meu ex marido atual crush visita regular ao urologista bem como exames atualizados, mas não dá para fazer o mesmo com um homem que você acabou de conhecer, né?! Sei que você virá com o papo de “é o mesmo que chupar bala embalada”, mas eu afirmo que é preciso e, para disfarçar o gosto nada agradável das camisinhas convencionais, use e abuse de géis corporais e lubrificantes comestíveis. 

E aí, gostou das dicas empoderadamente sensuais e sexuais? É assim que eu gosto! E, antes de nos despedirmos aqui, me segue no novo perfil do Instagram (www.instagram.com/marikissmentora) porque a partir de agora eu falo com Divas lindas (minhas seguidoras), Donas do Próprio Poder (minhas clientes de terapia) e Leoas (empreendedoras do mercado íntimo).

Ah, conheça também meu site www.sexsencia.com.br porque lá tem todos os meus cursos, inclusive o DPP onde você aprende a técnica da felação e muitas outras mais. 

Um super beijo, Marianna Kiss

Autor Julianna Santos

Relações Públicas, atuante em assessoria de imprensa e gestão de conteúdo para internet. Pós graduada em Educação Sexual pelo ISEXP – Instituto Brasileiro de Sexualidade e Medicina Psicossomática da Faculdade de Medicina do ABC, atendeu a várias empresas e profissionais do ramo erótico de 2002 até atualidade, estando inclusive a frente da sala de imprensa da Erótika Fair de 2002 a 2010. Também é certificada em Inbound Marketing pelo HubSopt Academy.

LEIA TAMBÉM

vote-premio-mercado-erotico

Está no ar a Votação Final da 8a edição do Prêmio Mercado Erótico Sensual e Bem Estar Íntimo

Chegou o tão esperado momento de decidir quem são os melhores produtos, empresas, marcas e personalidades do mercado erótico em 2023 e você pode ajudar a escolher! Conheça os finalistas, saiba como votar e como participar da cerimonia do Oscar do Mercado Erótico, no dia 07 de março, em São Paulo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verified by ExactMetrics