aniversario-spicy-club

Feriadão em São Paulo? Spicy Club tá de aniversário!

Veja como se divertir em boa companhia, dessa sexta até domingo, na balada mais sensual de São Paulo

Quem assistiu às duas trasnmissões do Prêmio Melhores do Mercado Erótico e Sensual, viu também um pouquinho do Spicy Club, nosso palco para a entrega virtual dos troféus durante a pandemia.

Inspirado nas baladas de Ibiza, consideradas ícone de beleza, carisma e sensualidade, o Spicy Club disponibiliza 600m² de espaço para o entretenimento adulto, estrategicamente pensado para estimular a sedução.

Localizado na agitada região de Moema, um dos bairros mais nobres de São Paulo, o espaço é frequentado por um público alternativo, jovens, desinibidos, casados e solteiros, vivenciando uma experiência única na noite paulistana.

E desde a semana passada, as sextas feiras do Spicy Club são da Festa D!vine, um projeto capitaneado por Paulo Agulhari com pegada mais LGBTQIA+ , celebrando a música e a cultura club com clima de festa disco, drinks e boa música para abrir o final de semana em grande estilo.

Os sábados continuam dedicados para os casais, mas no próximo em especial, dia 13, a casa estará comemorando 2 anos de existência, mas somente 8 meses de funcionamento por causa da pandemia.

“A festa de aniversário do Spicy Club será toda decorada em neon e todos os nossos colaboradores estarão com pinturas corporais especiais para luz negra. Teremos 5 DJs se revezam na noite: Marcos Muza, Torrada, Marcelo Favaro, Mike Fornois e Tiago Gomes. Malabaristas e outros artistas circenses vão animar a comemoração e todos os visitantes serão recebidos com um welcome drink” explica o proprietário Fábio Leandro.

E ainda terá um show especial da cantora Thais Jaar e Banda, sobrinha do cantor de samba rock Bebeto, que ganhou notoriedade ao participar do programa Qual é o seu talento, do SBT.

ASSISTA AQUI A LIVE NO SPICY CLUB

Fábio avisa que domingo de manhã ainda rola o After GO com um perfil mais mix a partir das 6h indo até às 15h, para quem quer ficar da noite de sábado e para quem chegar na madruga, mas com predominância LGBTQIA+. “E especialmente nesse domingo, dia 14, vamos ter a After Go Premium que acontece uma vez por mês, quando avançamos até às 23h com festa temática”.

Tanto na sexta como no domingo, todas as dependências do Spicy Club tornam-se unissex, inclusive os banheiros. “Queremos atender e apoiar nesses dois dias todas as orientações e gêneros sexuais com igualdade”, declara o proprietário.

Conheça o Spicy Club

O destaque é a badalada pista de dança com pole dance, palco para shows, performances sensuais, camarotes, bar, atendimento, decoração e iluminação de primeira qualidade, com apresentações de DJs renomados.

O camarote DIAMANTE com capacidade para 30 pessoas tem vista privilegiada para a pista, se tornando área privada no meio da balada, local perfeito para as celebridades ou para pessoas que curtem muita privacidade.

O Spicy Club também é a única casa em São Paulo com 100% de acesso total a portadores de necessidades especiais ( PNE ).

E, nas noites que fazem parte de sua programação regular, gogo-boys e gogo-girls animam a pista ao som de música pop e eletrônica, enquanto as frequentadoras mais exibicionistas dançam para o público em cima do disputado balcão do bar.

O que uma balada sensual tem que as outras não tem?

Esse é o grande diferencial do Spicy Club: por ser um club liberal com baladas sensuais também oferece lounges temáticos, criados para que os baladeiros possam relaxar e curtir momentos mais íntimos com suas parceiras, em um ambiente reservado e seguro.

Na balada sensual, o público é o que diferencia uma balada comum da sensual, onde as mulheres sabem que aquele é um ambiente adequado, seguro e confortável para se exibirem e liberarem seu charme e sensualidade, sem correr o risco de serem abordadas de forma desrespeitosa.

Assim como acontece em qualquer outra balada comum, a regra geral é o respeito, sendo raros toques ou abordagens sem a devida autorização.

Para manter um ambiente adequado e coibir a prática da prostituição, a casa incentiva o público a visitar o Club em casal, cobrando preços mais elevados para homens que cheguem desacompanhados.

Para preservar a privacidade dos frequentadores, o uso de câmeras fotográficas e filmadoras é proibido, estando os seguranças sempre atentos para que o público possa curtir uma noite desinibida e livre de preocupações com muita privacidade.

“Para casais que nunca frequentaram uma balada sensual, outros casais habitués do Spicy Club estão abertos a receberem os novatos para um bate papo informal sobre o universo liberal para que se sintam acolhidos em sua primeira visita ao clube”, explica Fábio.

O Spicy Club está equipado com vários spencers de alcool gel e os visitantes só entram e permanecem na casa usando máscara.

Um boa pedida para agitar o seu relacionamento. Não precisa trocar com outros casais. Mas pode se exibir e ver outros casais em ação à vontade 😉

SERVIÇO

Spicy Club

6ª – Festa D!vine

Valor unissex: $50 consome $40

Sábado – Noite para Casais

Valores: Mulher $ 50 consumíveis

               Casal $ 170 consome $ 120

               Homem $ 350 consome $ 200

Domingo – After GO Mix

Valor unissex:

$ 40 entrada ou $ 70 consumiveis

Onde: Alameda dos Pamaris,42 – Moema – São Paulo/SP

Para esses valores coloque seu nome na lista através do site (www.spicyclub.com.br) ou whats 11 96441-3032

Censura: 18 anos

Formas de pagamento: Aceita todos os cartões de crédito, débito ou dinheiro

Valet parking na porta (R$ 30,00)

Chapelaria (R$10,00)

Site: www.spicyclub.com.br

Autor Julianna Santos

Relações Públicas, atuante em assessoria de imprensa e gestão de conteúdo para internet. Pós graduada em Educação Sexual pelo ISEXP – Instituto Brasileiro de Sexualidade e Medicina Psicossomática da Faculdade de Medicina do ABC, atendeu a várias empresas e profissionais do ramo erótico de 2002 até atualidade, estando inclusive a frente da sala de imprensa da Erótika Fair de 2002 a 2010. Também é certificada em Inbound Marketing pelo HubSopt Academy.

LEIA TAMBÉM

alimentos-candidiase

Alimentos para evitar quando está com Candidíase

A candidíase é provocada pelo fungo Candida albicans, e pode causar coceira, corrimento branco grumoso, ardor local e para urinar, dor durante as relações sexuais e vermelhidão. Por Erica Mantelli*

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *