Inicio >> Hot News >> Coronavírus: quando a crise vira oportunidade

Coronavírus: quando a crise vira oportunidade

Nos países europeus e asiáticos onde o auto isolamento por causa do Coronavírus já é uma realidade, a corrida atrás de sex toys aumentou. Em alguns deles, a imprensa internacional já fala em escassez.

O alerta já tinha sido dado em fevereiro pela Rússia: Maximilian Lapin, cujo negócio tem mais de 60 sex shops na Rússia, disse ao site Gazeta que as lojas em todo o país já estavam enfrentando uma escassez porque a fronteira do Extremo Oriente com a China tinha sido fechada. Uma alta porcentagem dos brinquedos sexuais do mundo é produzida lá.

Até a época de sua entrevista, Lapin tinha  suprimentos garantidos, já que sua empresa não importa muitos produtos diretamente da China. “A maioria é da América, Europa e Rússia”, explicou.

No entanto, o empresário acrescentou que muitas empresas americanas e européias produzem seus produtos na China – e isso pode levar a uma escassez de mercadorias impertinentes.

“Com o tempo, a situação pode se tornar ameaçadora. Se o coronavírus fechar as fronteiras  por um ano, os produtos produzidos na China, inclusive na Europa e nos EUA, simplesmente não vão chegar mais aqui ”, ele se preocupa em entrevista a RT.

E se por um lado eles não chegam, por outro estão se revelando itens de sobrevivência…

Enquanto isso, uma sex shop da Nova Zelândia registrou um aumento nas vendas de vibradores, lubrificantes e baterias – e diz que tudo se deve ao coronavírus.

A proprietária Nicole Relph diz que o pico de vendas foi percebido pela primeira vez depois que a Organização Mundial da Saúde declarou a COVID-13 uma pandemia.

“Estamos ouvindo de nossos clientes que eles estão estocando baterias e lubrificação no caso de ficarem presos devido ao auto-isolamento”, disse ela ao PerthNow.

 “Nossos clientes nos disseram que estão evitando multidões e querem algo para fazer enquanto estão presos em casa. Eles também não estão no Tinder ou estão saindo porque estão preocupados com o COVID-19. ”

A declaração explícita apontou para pesquisas concluídas em 2018 que mostraram que a masturbação pode fortalecer seu sistema imunológico.

“Há muito tempo se sabe que o orgasmo ajuda a relaxar o corpo e acalmar a mente, o que significa um sono melhor, o que, por sua vez, significa mais tempo para o seu corpo descansar”, disse Relph.

“O descanso é crucial para manter um sistema imunológico de alto funcionamento. E quando você chega ao clímax, seu corpo recebe essa onda de dopamina, serotonina e ocitocina – todos eles sentem bons hormônios ”.

Que o diga a Womanizer!

Os dados de vendas da marca Womanizer  disse que suas vendas entre 1º de janeiro e 6 de março foram ‘bem acima da média’ – particularmente em áreas afetadas pelo vírus.

Tomados país por país, os dados também seguem um padrão de acordo com o local onde a maioria dos surtos está atualmente: 

  • Itália: tendência 60% acima da previsão;
  • França: 40% acima;
  • Estados Unidos: 75% acima
  • Canadá: 135% acima;
  • Países de língua alemã: 40% acima;
  • Hong Kong: aumento de 71% nas vendas de janeiro a fevereiro;
  • Japão: aumento de 52% nas vendas de janeiro a fevereiro;
  • Austrália: aumento de 31% nas vendas de janeiro a fevereiro;
  • Reino Unido: aumento de 13% nas vendas de janeiro a fevereiro.

“O We-Vibe Chorus já está com pouco estoque, pois as pessoas demonstraram um interesse crescente durante esse período”, disse Johanna Rief, Chefe de Empoderamento Sexual do Womanizer ao Daily Mail.

“Isso pode ser devido ao fato de o aplicativo We-Connect permitir que os parceiros controlem as vibrações remotamente ou para casais que trabalham juntos em condições domésticas.”

Namoro virtual em alta

O Dating.com também observou um aumento no uso de sites de namoro online, com 82% dos solteiros se voltando para a Internet por amor, ainda mais do que o habitual.

Segundo esse levantamento, 5% dos solteiros prometeram interromper o namoro até que o vírus passe e 30% continuarão falando apenas online. 

60% disseram que preferem se encontrar on-line a encontrar um encontro pessoalmente.

Enquanto isso na Inglaterra…

A Ann Summers está com uma promoção de massas em forma de pênis durante a escassez de coronavírus, segundo o Metro.

macarrao-de-penis-coronavirus

O alimento vem de brinde se você comprar duas outras coisas. E o melhor é que ele aumenta ainda mais quando cozido, para que você não fique com fome.

Em seu site, a marca disse: ‘Nosso famoso macarrão de pênis – é completamente delicioso! E tem boas críticas, com uma média de 4,8 de cinco estrelas.

E há quem já esteja de olho na Páscoa! Agora, você pode enviar a alguém em isolamento um ovo de Páscoa de chocolate com um vibrador dentro, divulga o mesmo jornal.

Montado pela sex shop virtual Ricky.com,  o ovo é feito com 275g de “chocolate suíço premium para leite”, embrulhado em papel prata. Vem em uma caixa de papelão com um laço de seda por cima.

Easter-Egg-5ac4

Quanto ao conteúdo da surpresa dos ovos de Páscoa, você pode escolher entre cinco sex toys diferentes, incluindo um bullet, um vibrador para casal, um estimulador de clitóris em forma de coração, uma bomba peniana, e um mini massageador de ouro.

all-toys-2-bca1

Custa £ 45 mais a entrega e é um produto de edição limitada, com tiragem de apenas 200 unidades. 

E para os italianos, PornHub Premium grátis

Com a declaração: ‘Forza Italia, nós amamos você!” O PornHub decidiu doar sua receita percentual da plataforma ModelHub a partir de março para ajudar a Itália durante o surto.

pornhub-italia-coronavirus

‘Para ajudá-lo durante essas semanas em casa, durante todo o mês, você pode acessar o PornHub Premium gratuitamente, sem a necessidade de usar seu cartão de crédito.’

Lançada em 2007, a plataforma – atualmente o maior site pornô do mundo – foi usada 42 bilhões de vezes no ano passado e ostentava 115 milhões de visitantes diários.

A Itália ficou em sétimo lugar nos 20 principais países do Pornhub em tráfego em 2019, com os EUA, o Japão e o Reino Unido ocupando os três primeiros lugares.

pornhub-trafego-mundial

No início do mês, foi relatado que sites pornográficos estavam lucrando com o surto de coronavírus, com as plataformas postando filmes de pessoas fazendo sexo em trajes de proteção, em uma nova tendência.

Vídeos intitulados ‘Deserted Wuhan’ e ‘TSA Agent Detem Woman Suspected of Coronavirus’ estão entre outros que têm aparecido em suas páginas.

Os vídeos excêntricos apresentam atores em trajes de proteção, máscaras faciais ou aventais de hospitais que mantêm relações sexuais no que parece ser instalações médicas.

25566244-0-Porn_sites_have_been_cashing_in_on_the_coronavirus_outbreak_with-a-22_1584014160827

Spicy – a metade masculina da dupla pornô Spicy x Rice – disse à Vice: “Acho que as pessoas são atraídas pelo pornô com o tema COVID-19 da mesma maneira que são também pelos filmes de terror: todos nós estamos procurando coisas que nos faça reviver.”

Segundo o ator, alguns de seus vídeos contêm informações importantes sobre como evitar a propagação da doença e foram feitos com a intenção de educar as pessoas.

“Nós pensamos em usar nosso pornô como um meio para se obter informações legítimas, com algum alívio cômico incluído para atrair as pessoas e reduzir nossas chances de sermos banidos”, acrescentou Spicy à publicação.

Entre com seu email para receber as atualizações:

Desenvolvimento FeedBurner

 

Autor Julianna Santos

Relações Públicas, atuante em assessoria de imprensa e gestão de conteúdo para internet. Pós graduada em Educação Sexual pelo ISEXP – Instituto Brasileiro de Sexualidade e Medicina Psicossomática da Faculdade de Medicina do ABC, atendeu a várias empresas e profissionais do ramo erótico de 2002 até atualidade, estando inclusive a frente da sala de imprensa da Erótika Fair de 2002 a 2010. Também é certificada em Inbound Marketing pelo HubSopt Academy.

LEIA TAMBÉM

CALENDÁRIO ERÓTICO DE ABRIL

Tudo indica que vamos ficar ainda mais um tempo em casa nessa quarentena de isolamento… …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *