anéis eróticos para casamento real

Casamento Real terá anéis eróticos

O casamento real do príncipe Harry com a atriz Meghan Markle acontece dia 19 de maio, mas já estão à venda anéis eróticos em homenagem ao casal mais sexy de Buckingham

A ideia ousada só poderia ser da criativa varejista Lovehoney que inclusive já foi premiada pela rainha com o Queen’s Award For Enterprise há dois anos por impulsionar as exportações.

É uma edição limitada especialmente para a ocasião e traz dois anéis, um prateado para usar no dedo que seria uma representação do anel de noivado de Meghan, e outro dourado para usar no pênis simulando as alianças do casamento. São feitos de material macio e tem cápsulas vibratórias também.

Anéis Eróticos para Casamento Real

embalagem mostra versões em quadrinhos do casal real, com o príncipe barbudo e sua noiva apontando com entusiasmo para os brinquedos.

anéis eróticos para casamento real

Melhor do que outro souvenir

A Lovehoney está comercializando o anel  por US $ 12, como “uma lembrança real de casamento que é muito mais divertida do que uma toalha de chá ou caneca”. 

Para os clientes que simplesmente não conseguem decidir qual das duas lembranças vibrantes devem comprar, o site está até mesmo executando uma venda ‘compre um, leve um grátis’, o que significa que eles podem obter os dois por US $ 12.

Mas a pergunta que não quer calar é: será que a Lovehoney mandou esse par de anéis de presente para o casal do ano?

Entre com seu email para receber as atualizações:

Desenvolvimento FeedBurner

 

Autor Julianna Santos

Relações Públicas, atuante em assessoria de imprensa e gestão de conteúdo para internet. Pós graduada em Educação Sexual pelo ISEXP – Instituto Brasileiro de Sexualidade e Medicina Psicossomática da Faculdade de Medicina do ABC, atendeu a várias empresas e profissionais do ramo erótico de 2002 até atualidade, estando inclusive a frente da sala de imprensa da Erótika Fair de 2002 a 2010. Também é certificada em Inbound Marketing pelo HubSopt Academy.

LEIA TAMBÉM

sindrome-da-boazinha

Síndrome da Boazinha: quando a necessidade de agradar o outro se torna um problema

Você se considera boazinha demais? Está sempre em busca da aprovação do outro? Acha que as pessoas podem estar se aproveitando de você, em função do seu  jeitinho? Tem dificuldade de dizer não, mesmo que não tenha tempo ou interesse em atender determinadas solicitações? Se você respondeu sim para estas perguntas, certamente sofre com a “Síndrome da Boazinha”. Este é um padrão de comportamento compulsivo e não um transtorno psiquiátrico, como explica Filipe Colombini, psicólogo e CEO da Equipe AT.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verified by ExactMetrics