pesquisa-sobre-crush

Beleza ou conexão: O que é mais importante na hora de conhecer um crush?

A cada ano, os conceitos e objetivos das pessoas costumam mudar para um caminho de evolução, seja no amor, na profissão ou na vida. Isso fica ainda mais claro quando analisamos um estudo realizado pelo happn em parceria com a agência de tendências e previsões NellyRodi, que ouviu mais de 2.000 usuários do happn no Brasil, que mostrou que a beleza passou a ser menos importante para as pessoas que buscam um relacionamento.

Um desdobramento da pesquisa focada no público brasileiro indicou que 63% dos usuários do aplicativo colocam interesses comuns e conexões com outras pessoas em primeiro lugar.

Os solteiros também estão buscando mais intimidade, onde possam encontrar significado em seus relacionamentos. E, nesse sentido, 20% dos entrevistados disseram que preferem desenvolver mais intimidade do que ir direto para o sexo (13%).

Uma pesquisa recente realizada pelo happn também mostrou que o tipo de pessoa que mais atrai a atenção dos solteiros no aplicativo são os Crushes que têm os mesmos interesses (40%) e/ou uma pessoa que busca um relacionamento de longo prazo (31%).

“Notamos uma mudança significativa no comportamento dos usuários do happn. Se antes os aspectos físicos eram predominantes, hoje as pessoas estão valorizando cada vez mais a conexão emocional e intelectual, buscando relacionamentos onde possam encontrar conexões mais profundas e significativas e compartilhar interesses comuns, valores semelhantes e visões de mundo alinhadas”, comenta Michael Illas, especialista em relacionamentos do happn

Além disso, na pesquisa, os usuários do aplicativo destacaram que procuram encontrar semelhanças e pontos em comum com a pessoa que acabaram de conhecer no happn. Beleza física, tamanho e aparência ficaram apenas em terceiro lugar, quase empatados com cumplicidade e senso de humor (35% e 33%, respectivamente).

Veja mais tendências que o happn destacou em seu livro:

As pessoas estão abertas ao novo?

32% das pessoas que participaram da pesquisa mencionaram que estão abertas a surpresas e novos padrões de personalidade que podem encontrar no aplicativo ou em outro lugar.

Mais de 24% sabem vagamente o que estão procurando em um parceiro, mas estão cientes de suas necessidades. 19% disseram que não estão procurando alguém “em um padrão específico” ou critérios particulares; os solteiros estão no modo “deixe a vida me levar”.

O que é fundamental quando se trata de conhecer melhor um crush?

Quase 38% dos solteiros que participaram da pesquisa disseram que o principal requisito para ter um relacionamento com uma nova pessoa é a honestidade do Crush durante as conversas e a seriedade com que a outra pessoa pretende levar um possível relacionamento.

45% dos usuários do happn que participaram da pesquisa confirmaram que o principal objetivo que buscam no happn é construir um relacionamento romântico e duradouro com uma pessoa especial. Outros 15% disseram que querem ter mais intimidade com uma nova pessoa.

“O trendsbook nos mostrou uma mudança significativa no comportamento dos brasileiros: agora, o objetivo é encontrar o amor e não mais encontros de uma noite. No happn, estamos sempre ao lado dos solteiros para ajudá-los e apoiá-los em sua busca pela pessoa ideal”, conclui Illas.

Autor Julianna Santos

Relações Públicas, atuante em assessoria de imprensa e gestão de conteúdo para internet. Pós graduada em Educação Sexual pelo ISEXP – Instituto Brasileiro de Sexualidade e Medicina Psicossomática da Faculdade de Medicina do ABC, atendeu a várias empresas e profissionais do ramo erótico de 2002 até atualidade, estando inclusive a frente da sala de imprensa da Erótika Fair de 2002 a 2010. Também é certificada em Inbound Marketing pelo HubSopt Academy.

LEIA TAMBÉM

sexualidade-da-geracao-z

Decifrando a Geração Z: primeiro relatório global sobre a sexualidade dos zoomers

De acordo com a pesquisa, 59% dos membros da Geração Z desejam um relacionamento aberto ou poliamoroso, citando benefícios como "experiências de vida sexual e/ou romântica mais plenas" (65%), "mente aberta/aceitação em relação a diferentes formas de amor" (54%) e "ajudar as pessoas a se ficarem mais confortáveis em pedir o que desejam para maior satisfação" (46%). Veja mais aqui.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verified by ExactMetrics