8 tendências sexuais que você pode não saber, mas definitivamente deve explorar

Mercado erótico.org é vanguarda, é moderno e é bem informado… Em matéria de sexo, aqui rola de tudo e mais um pouco pra você, então vamos ver o que vai “causar” nestes tempos!

O que há de mais recente em tendências sexuais populares? “Tendências sexuais?” você pode perguntar. “Isso é uma coisa que existe?” É possível que concorde que algumas coisas são apenas mais legais que outras.  Obvio que todo mundo tem suas preferências sexuais, seus gostos favoritos e suas posições mais prazerosas (ou bizarrices deliciosas), mas saiba que algo tem que ser muito legal ou ao menos estar nas rodinhas de bate-papos mais íntimos para ser considerado “moda” no mundo do sexo.

Agora, só porque algumas coisas estão tendendo por enquanto, não significa que sejam apenas obsessões temporárias. Eu também não posso dizer quanto tempo isso durará. Provavelmente, até a TV ou o cinema lançar seu próximo show repleto de sexy appeal.  Agora, claro que o sexo existe desde o início dos tempos, mas isso não significa que não esteja em constante evolução. Então vamos ficar atentos a estes tópicos!

1. O mamilo (quase) livre

Isso não é uma posição sexual, mas é certamente uma tendência. Há muito tempo existe um estigma em torno das mulheres tirarem suas camisas em público. Por alguma razão, apesar do fato de que os homens podem fazê-lo com a liberdade que escolherem, uma mulher expondo seu peito é um tabu e, em alguns casos, proibido. Mas seja no Instagram, no Facebook ou no exterior, as mulheres estão lutando para o #freethenipple. Houve um tempo em que os homens não podiam sequer tirar suas camisas em público, e se a história provou alguma coisa, é que as regras antiquadas podem definitivamente ser quebradas. Uma forma de as mulheres se apropriarem de seus corpos passou pela mídia social. Tornou-se mais comum para as mulheres postarem fotos sensuais, até mesmo nuas, em suas contas de mídia social, apenas para compartilhar com o mundo como elas são fabulosas. Um em cada cinco adultos americanos recebeu uma foto de nudez em sua vida e, em nome de ser #bodyposi, isso pode ser considerado uma coisa fortalecedora – porque ter a confiança necessária para enviar uma é impressionante.

 

2.  Sextoys de Gênero Neutro

É um pássaro … um avião … não, é um brinquedo sexual para todos! Surpreendentemente, os brinquedos sexuais que acomodam gêneros de todos os tipos estão na vanguarda. O Picobong Transformer atua como um massageador clitoriano, estimulador do ponto G, anel peniano, massageador de próstata e vários outros brinquedos sexuais – tudo em um! Eu não sei sobre você, mas nunca vi uma imagem de tal perfeição. Mesmo que pareça um pouco com o dedo de um alienígena, é uma maneira infalível de fazer o orgasmo de todos ser democrático. Pelo jeito veremos a partir de agora muitos Sextoys de Gênero Neutro, no Brasil, ou simplesmente, Unissex.

3. Aumentando o fator de risco

Quem não ama um pouco de adrenalina? Nós pagamos para andar de montanha-russa e ficamos viciados em tatuagens, então faz sentido querer mais emoção em nossas vidas sexuais. De acordo com um estudo feito pela LELO (premiada como melhor sextoy para mulheres este ano no Brasil), Em 2012, sua pesquisa relatou que 27% das mulheres fizeram sexo ao ar livre, enquanto 35% tentaram isto em 2014. Apenas 10% das mulheres em 2012 participaram de um ménage, em comparação com os 20% que deram uma chance apenas dois anos depois. Quanto às sextapes, em 2012, apenas 28 por cento tinham filmado o sexo, enquanto 2014 viu um salto para 52 por cento! Bom, e pelo jeito a tendência de subir estes números continua, cada vez mais é ousadia e alegria.

4. Cuspindo bola … com a vagina

Ter fortes músculos do assoalho pélvico é muita tendência agora em todo o mundo. Bolas de pompoar, bolas tailandesas, ou do que você quiser chamá-las – elas são ótimas para o seu orgasmo. Você as lubrifica e insere na vagina, e usa os músculos do PC para aumentar o seu treino de kegel. Agora, por que exatamente você faria isso? Porque elas podem ajudar a fortalecer a vagina, o que resulta em melhor desempenho sexual e orgasmos mais intensos. Existem aplicativos reais projetados para acompanhar o progresso de sua força vaginal , por isso, se você acha que levantar pesos com sua vagina parece ser uma piada, pense novamente.

5. Beijo Grego

Tem quem torça o nariz, sinta aversão, nojo ou nem cogite incluir o beijo grego nas preliminares. O que essa turma não sabe é que pode ser uma experiência e tanto para o casal. 9 entre 10 marcas de cosméticos sensuais brasileiras tem o famoso gel para o beijo grego, e isto é um sinal que está em alta beijar o anus, dele ou dela. E é mais uma vez o conceito de prazer com gênero neutro.

6. Aprendendo com profissionais

Todos nós gostamos de pensar que somos incríveis na cama (e ei, você pode estar fora deste mundo), mas sempre há espaço para melhorias. Felizmente, existem todos os tipos de recursos disponíveis se você quiser investir em uma verdadeira educação sexual (Você sabe as coisas importantes que você gostaria que elas ensinassem em educação sexual? Como encontrar o ponto G?). Desde a Arte do Boquete até Posições de Prazer, tem aula pra tudo. Encontre uma professora, sexcoach ou educadora sexual em sua cidade e aprenda!

7. A Revolução Sexual Sado

O BDSM está saindo das sombras. Desde que 50 Tons de Cinza chegaram ao mercado, as pessoas estão muito mais interessadas em explorar o bondage e o kink, se tornando cada vez mais aventureiras com isso: chicotes e algemas simples não são mais novidades. As pessoas agora querem roupas de látex completa, máscaras e arreios de couro para o corpo (que também estamos vendo em alta costura no exterior). As pessoas estão definitivamente se tornando mais mente aberta, curiosas e excêntricas. Hora de você explorar seus limites e se divertir.

8. Marinando… no sexo

Se você está cansado de suar durante o sexo, o ato de marinar pode ser exatamente o que você precisa. Basicamente, o que um casal faz para marinar é exatamente o que o nome indica – eles marinam. Eles tiram suas roupas, ficam excitados e praticam sexo normalmente. A única diferença é que ninguém se move. O pênis simplesmente fica “marinando” na vagina. Claro, pode não parecer muito excitante, mas é uma tendência da mesma forma e, ainda é muito íntimo. Mas será que os casais estão preguiçosos ou é falta do que inventar mesmo?

Bom, experimenta, vai que gosta não é?

Autor Paula Aguiar

Publicitária, Consultora e expert em Mercado Erótico, Escritora e empresária. Atua no Mercado Erótico Brasileiro desde o ano 2000. Autora de 17 livros de negócios e sobre produtos eróticos para os consumidores. De 2010 a 2017, presidiu a ABEME – Associação Brasileira de Empresas do Mercado Erótico. Citada em mais de 100 teses universitárias e livros de sexualidade sobre o tema. Desenvolve e projeta produtos eróticos e cosméticos sensuais para os maiores players do setor. Criadora do primeiro seminário de palestras para empresários do mercado erótico em 2006. Apoiadora e partícipe dos mais importantes eventos eróticos do mundo. Também idealizadora do Prêmio Melhores do Mercado Erótico e Sensual que, desde 2016, anualmente elege as melhores empresas, as inovações, os produtos mais queridos e desejados e as ações que estimularam o desenvolvimento do setor. É fundadora e co-autora do site MercadoErótico.Org.

LEIA TAMBÉM

Guia do ménage para mulheres: o que você precisa saber antes de apimentar a relação

Veja as respostas para as 10 maiores dúvidas de mulheres quando querem e estão à procura ou curiosas sobre um relacionamento liberal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.