falta-de-orgasmo

Orgasmo feminino. O essencial para chegar lá

No mês em que se celebra a mulher, olhamos para a construção do prazer feminino. Conheça alguns conselhos essenciais para fazer esse caminho de experiências e de descobertas até ao orgasmo, nem sempre fácil para muitas mulheres. Por Jorge Sousa*

Longe vão os tempos em que o prazer feminino era renegado para segundo plano, subjugado à satisfação do outro e até, muitas vezes, considerado indecente e pecaminoso, refém de amarras sociais e impregnado de culpas.

É, por isso, que o orgasmo feminino representa hoje a libertação e a conquista do direito da mulher à sexualidade e ao prazer.

No entanto, muitas mulheres não conseguem exercer esse direito, já que, por motivos diversos, enfrentam dificuldades em atingir o prazer maior.

A anorgasmia, a disfunção que se traduz na dificuldade ou ausência de orgasmos, pode ser consequência de muitos fatores, alguns fisiológicos, outros originados por problemas de autoestima e falta de confiança, memórias negativas e até pressões religiosas ou sociais.

Para algumas destas situações, a ajuda profissional é indispensável mas, em outros casos, pode bastar  uma simples mudança no caminho para o prazer. 

“Não tenha medo de pedir ajuda, se tal for necessário. É importante não ficar presa e resignada, porque o prazer é um direito fundamental e uma necessidade básica de qualquer ser humano, com claros benefícios”, sublinha Irina Marques, especialista em Sexologia Educacional e diretora da Flame Love Shop.

O caminho para o prazer faz-se de experiências e de descobertas. “Cada mulher deve procurar o seu próprio trajeto e descobrir aquilo que melhor se adapta ao seu caso. Além disso, convém não esquecer que este é também um caminho a percorrer a dois, pelo que é essencial que o outro saiba escutar e contribuir, a cada momento, em todas as etapas desse percurso”, reforça a especialista.

Alguns conselhos essenciais para as mulheres com dificuldades em atingir o orgasmo, segundo Irina Marques:

Aceite as suas caraterísticas únicas

A aceitação de si própria é o primeiro passo, porque sem isso é mais difícil chegar lá. O que a torna diferente e única em relação aos outros é o seu maior bem, o que deve realçar e potenciar. 

Estude cada canto do seu corpo

O autoconhecimento é outra necessidade para avançar no caminho do prazer. Use a masturbação, sem medos, para descobrir zonas erógenas, movimentos e tudo o que lhe dá mais prazer.

Faça saber o que quer

Não se feche em copas, porque este caminho também se faz a dois. Diga-lhe o que mais gosta e a faz subir a temperatura. Não deixe de guiá-lo durante o trajeto e assuma a liderança sempre que necessário.

Viva novas aventuras

A rotina pode ser um dos inimigos do prazer, por isso quebre as amarras e liberte-se do mesmo. Invista em novas experiências, cenários ou posições e traga ar fresco à relação.

Use a imaginação

O cérebro é a maior zona erógena, pelo que a sua estimulação é essencial ao prazer. Use a imaginação e ponha em práticas as suas fantasias. Construa situações e histórias excitantes.

Vá devagarinho

O prazer é para ser vivido sem pressas, a cada etapa. Por isso, não atropele o momento, invista nos preliminares e viva intensamente cada carícia.

Adicione brinquedos

Os brinquedos sexuais podem ser aliados neste caminho para o prazer. Experimente aqueles que oferecem estimulação clitoriana, movimentos circulares ou outras funções mais adequadas ao seu caso. 

Estimulador de Clitóris Pro 2+ Vibration Satisfyer_61.95€.jpg

Estimulador de Clitóris Pro 2+ Vibration Satisfyer oferece estimulação do clitóris simultaneamente através de ondas de pressão, com 11 intensidades, e de vibração, com 10 diferentes programas. PVP: 61,95€

Vibrador Mono Flex com app e bluetooth Satisfyer_59.95€.jpg

Vibrador Mono Flex com app e bluetooth Satisfyer apresenta eixo curto, estimulador clitoriano arredondado e tecnologia de silicone flex para vibrações profundas e poderosas, além de opção de controlo com app. PVP: 59,95€

Vibrador Double Fun_61.95€.jpg

Satysfyer Double Fun é um vibrador pensado para o casal, que conta com dois motores potentes, programas de vibração infinitos, através de aplicação e de comando remoto. PVP: 61,95€

* Texto enviado por Jorge Sousa nosso correspondente em Portugal.

Autor Correspondente

Viu alguma coisa que pode virar notícia para o Mercado Erótico? Viajou, visitou lugares interessantes, entrevistou pessoas marcantes que possam contribuir para os leitores desse site? Envie-nos seu material que publicamos aqui em regime de colaboração! Entre em contato conosco pelo email: contato@mercadoerotico.org

LEIA TAMBÉM

sindrome-da-boazinha

Síndrome da Boazinha: quando a necessidade de agradar o outro se torna um problema

Você se considera boazinha demais? Está sempre em busca da aprovação do outro? Acha que as pessoas podem estar se aproveitando de você, em função do seu  jeitinho? Tem dificuldade de dizer não, mesmo que não tenha tempo ou interesse em atender determinadas solicitações? Se você respondeu sim para estas perguntas, certamente sofre com a “Síndrome da Boazinha”. Este é um padrão de comportamento compulsivo e não um transtorno psiquiátrico, como explica Filipe Colombini, psicólogo e CEO da Equipe AT.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verified by ExactMetrics