CALENDÁRIO ERÓTICO DE DEZEMBRO

Nem só de Natal vive Dezembro! O nosso último mês de 2019, tem até o Dia do Casal, sabia? Confira o Calendário Erótico de Lourdes Barbosa com dicas preciosas para fechar o ano com chave de ouro e muita champagne!

Calendario-erotico-de-dezembro

CALENDÁRIO ERÓTICO DE DEZEMBRO

05 – DIA DO CASAL : Aposte em algo romântico. Um jantar à luz de velas, uma ornamentação especial no seu quarto. Ou mesmo em outro lugar que vocês se sintam mais à vontade.

20 – DIA DO MECÂNICO : Use e abuse do seu mecânico particular! Aponte problemas no carro e o seduza enquanto ele faz os reparos. O carro é uma ótima opção para mudar a rotina.

25 – NATAL : Após a ceia de Natal, curta o momento a sós com fantasias natalinas e acessórios para apimentar o fim de ano. É tudo de bom!

28 – SALVA–VIDAS : Brincar na piscina ou banheira para simular um salvamento sensual é uma boa dica para este dia. Estimule o salvamento em várias posições, resgatando todo erotismo da relação. Lembre-se de usar lubrificantes de longa duração na água.

calendario-erotico

Entre com seu email para receber as atualizações: 

Desenvolvimento FeedBurner

 

Autor Calendário Erótico

Coluna assinada por Lourdes Barbosa, Administradora de Empresas, Coach Executiva, Sexcoach, Professional Coach e Self Coach, Analista Comportamental, Leader Coach, Consultora em Saúde e Educação Sexual. Trabalha com eventos para consultoras há mais de 15 anos, sendo no segmento sensual há mais de 10 anos. E agora compartilha aqui no site as datas mais quentes do ano para lhe ajudar no marketing da sua empresa ou mesmo te lembrar de aproveitar melhor o dia entre 4 paredes!!!

LEIA TAMBÉM

sindrome-da-boazinha

Síndrome da Boazinha: quando a necessidade de agradar o outro se torna um problema

Você se considera boazinha demais? Está sempre em busca da aprovação do outro? Acha que as pessoas podem estar se aproveitando de você, em função do seu  jeitinho? Tem dificuldade de dizer não, mesmo que não tenha tempo ou interesse em atender determinadas solicitações? Se você respondeu sim para estas perguntas, certamente sofre com a “Síndrome da Boazinha”. Este é um padrão de comportamento compulsivo e não um transtorno psiquiátrico, como explica Filipe Colombini, psicólogo e CEO da Equipe AT.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verified by ExactMetrics