golpe-email-de-namoro

Avast bloqueia 70.000 ataques de golpe de namoro por e-mail

Os Estados Unidos são o país mais afetado, com mais de 11.000 ataques. No Brasil, foram 453 ataques detectados.

Pesquisadores da Avast identificaram um golpe crescente de namoro por e-mail, que tenta enganar os usuários para que enviem dinheiro.

O golpe existe e surge de uma ou outra forma há pelo menos 15 anos, mas evoluiu ao longo do tempo para evitar a detecção por filtros de spam.

Esse golpe aparece como um e-mail, geralmente com um arquivo PDF anexado. Quando o usuário abre o e-mail, geralmente há fotos de uma mulher, uma mensagem ‘dela’ e um link para que o usuário possa ‘falar com ela’.

Uma solução criativa usada por esta campanha, para burlar os filtros de spam é enviar um convite do Google Class com o mesmo conteúdo do e-mail.

Em ambos os casos, ao clicar no link, o e-mail redireciona o usuário para um site que pede o seu endereço de e-mail e finaliza pedindo à potencial vítima que pague por uma assinatura de € 39,99 (na Europa), para falar com a “mulher dos seus sonhos”.

As pessoas afetadas por esse golpe relataram que, depois de pagarem a taxa de assinatura, nunca receberam nenhuma mensagem da suposta mulher do e-mail.

Em dez dias, a Avast detectou e bloqueou mais de 70.000 ataques, sendo 7.900 deles ocorridos na primeira semana.

Os Estados Unidos foram o país mais atacado, com mais de 11.000 tentativas. A campanha maliciosa teve como alvo países da Europa e da Ásia, com números altos na França, Índia e República Tcheca. No Brasil, foram 453 ataques detectados.

“Os cibercriminosos se aproveitam das fragilidades humanas, neste caso de pessoas que esperam por uma maneira fácil de entrar em contato com mulheres ou até mesmo encontrar uma parceira”, diz Luis Corrons, Especialista de Segurança da Avast.

“Às vezes, podemos nos perguntar como alguém cairia em um golpe, mas, na verdade, isso pode acontecer com qualquer um em um momento em que não prestamos atenção. Aconselhamos as pessoas a estarem sempre atentas no mundo digital. No entanto, para protegê-las, as soluções de segurança centradas no ser humano são fundamentais para que as pessoas sejam avisadas, o quanto antes.”

Para ajudar os usuários a se protegerem contra este e outros golpes de namoro por e-mail, o especialista de segurança da Avast, Luis Corrons, compartilha as suas principais dicas:

  • Mantenha o seu antivírus atualizado — Muitos softwares antivírus, incluindo o da Avast, agora incluem proteção para e-mail, seja na nuvem ou no dispositivo, e podem filtrar todo e qualquer e-mail suspeito que possa estar sendo inserido em sua caixa de entrada. Esta é a melhor e a primeira linha de defesa para manter esses golpistas afastados.
  • Não clique em nenhum link, nem baixe nenhum anexo — O cibercriminoso por trás do e-mail pode estar tentando instalar um malware prejudicial no dispositivo do usuário ou roubar as suas informações pessoais por um outro método. A opção mais segura é não interagir com o e-mail, para evitar isso.
  • Aprenda a decifrar um e-mail fraudulento — Neste cenário, o usuário está recebendo um e-mail não solicitado, de um remetente que ele não conhece e relacionado a namoro. Aja com cautela e analise os detalhes para ver se é algo que você esperaria receber, e de quem. Ao revisar o remetente, a gramática e a ortografia do e-mail, o usuário pode identificar rapidamente que este não foi enviado por alguém conhecido e com boas intenções.
  • Na dúvida, apague! — O melhor curso de ação para qualquer e-mail, que o deixe inseguro quanto à sua legitimidade, é excluí-lo. Se acabar sendo um e-mail legítimo, é provável que o remetente solicite a confirmação do recebimento ou envie algo novamente.

Para mais informações sobre a pesquisa, visite: https://blog.avast.com/looking-for-love-in-all-the-wrong-internet-places

Autor Julianna Santos

Relações Públicas, atuante em assessoria de imprensa e gestão de conteúdo para internet. Pós graduada em Educação Sexual pelo ISEXP – Instituto Brasileiro de Sexualidade e Medicina Psicossomática da Faculdade de Medicina do ABC, atendeu a várias empresas e profissionais do ramo erótico de 2002 até atualidade, estando inclusive a frente da sala de imprensa da Erótika Fair de 2002 a 2010. Também é certificada em Inbound Marketing pelo HubSopt Academy.

LEIA TAMBÉM

Os mitos e verdades sobre o tamanho do pênis

O artigo fala sobre mitos e verdades sobre o tamanho do pênis. Ele esclarece que existem técnicas e exercícios que podem ser feitos para aumentar o tamanho do pênis, mas que as cirurgias devem ser consideradas com cuidado devido aos possíveis efeitos colaterais. Também menciona que o tamanho do pênis não é o mais importante para as mulheres e que o tamanho médio do pênis é de cerca de 12 a 16 cm. O artigo também menciona sobre os acessórios para aumentar o penis, como extensores, bombas de vácuo e pesos, mas alerta para o uso com cuidado e sempre consultar um médico antes de utilizá-los. Em resumo, o artigo esclarece que o tamanho do pênis não é tão importante quanto se pensa e que existem opções para aumentá-lo, mas é preciso ter cuidado e sempre buscar orientação médica.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *