paises-que-mais-amam-sextoys

Brasil é um dos 5 países que mais amam sextoys

Pesquisa feita por um site especializado em saúde e bem estar da Lituânia mostra quais são os Top Five quando o assunto é brinquedo erótico

Recentemente, a equipe do Healthnews descobriu os 30 principais países do mundo com maior ou menor interesse no assunto, rastreando as consultas de pesquisa de ‘brinquedos eróticos’ feitas no Google ao longo de 2023. 

Traduzindo essas consultas para o idioma nativo de cada país, os números relativos de busca foram calculados com base no número de usuários de internet em cada país.

Embora os dados do Google mostrem interesse em brinquedos eróticos entre diferentes países, eles não confirmam necessariamente as compras reais desses produtos. No entanto, estes dados ainda são valiosos para a compreensão dos interesses e desejos sexuais das pessoas em todo o mundo.

E para nossa grata surpresa o Brasil está entre os 5 países que mais amam os sextoys! Confiram o ranking completo abaixo:

1.Canadá

Com uma média de 188 pesquisas anuais por 1.000 usuários da Internet, os residentes do Canadá estão no topo da lista. O país tem mostrado uma mente aberta em relação ao sexo, com medidas de segurança prevalecendo em todos os lugares, inclusive nos aeroportos, onde máquinas de venda automática de preservativos são comuns. Por lá a Varinha Mágica é a preferida.

2. Suécia

A Suécia ocupa o segundo lugar, com uma média de 163 pesquisas anuais por 1.000 usuários. O país normalizou o sexo casual e incentiva discussões abertas sobre questões sexuais, como ejaculação precoce e disfunção erétil. A vida amorosa sueca gira em torno da preparação – preservativos, lubrificante e um ou dois brinquedos são itens essenciais para um encontro planejado ou espontâneo. Por lá a preferência são os sugadores de clitoris.

3. Reino Unido

O terceiro lugar é do Reino Unido, com 151 pesquisas por 1.000 usuários da Internet. Surpreendentemente, não são apenas os jovens que estão abertos a usar brinquedos eróticos, mas pessoas de 45 a 54 anos. Em 2021, a própria falecida Rainha Elizabeth II acenou com a cabeça para Lovehoney, uma marca britânica de brinquedos eróticos, com um prêmio real por excelência empresarial. Lá quem manda é o Rabbit.

4. México

Em quarto lugar está o México, com 145 pesquisas por 1.000 usuários. O país não fica para trás quando se trata de explorar fantasias sexuais, com uma grande aceitação de encontros públicos e escapadas na cozinha. Parece que curtem mais um kit de bondage, visto que as bonecas realísticas ainda são ilegais nesse país.

5. Brasil

Por último, mas não menos importante, o Brasil completa os cinco primeiros lugares, com 138 pesquisas por 1000 usuários. Segundo a publicação original, por aqui, a pandemia de Covid provocou um renascimento do “mercado do prazer”. Com o plug anal aparecendo nas buscas como o sextoy mais popular entre os brasileiros.

Esses números destacam a crescente aceitação e adoção de brinquedos eróticos em todo o mundo, além de revelar um pouco sobre as preferências sexuais de diferentes culturas.

Entre os que entraram no top 10 estão Portugal, Espanha, Holanda, Estados Unidos e Polônia. E na lista entre os países que não pareciam interessados ​​em brinquedos eróticos  (ou, pelo menos, não os procuraram online) incluíam Austrália (27º lugar), Geórgia (29º) e Hungria (30º).

Interesse em brinquedos eróticos por país

PaísPesquisas*População, M
1. Canadá18838,25
2. Suécia16310.42
3. Reino Unido15167,33
4. México145126,70
5. Brasil138214,30
6. Portugal13510h33
7. Espanha12747,42
8. Holanda12617.53
9. Estados Unidos da América124331,90
10. Polônia12237,75
11. Argentina11545,81
12. Dinamarca1145,86
13. Noruega1125.41
14. Irlanda1095.03
15. Itália10659.11
16. Nova Zelândia1025.12
17. Colômbia9851,52
18. Finlândia875,54
19. Alemanha7683,20
20. Cuba7211.26
21. Áustria608,96
22. Rússia48143,40
23. Grécia4710,64
24. Turquia4584,78
25. Coreia do Sul4151,74
26. República Tcheca (República Tcheca)3810.51
27. Austrália3325,69
28. França3267,75
29. Geórgia2810,80
30. Hungria279,71

*O número relativo de pesquisas por 1.000 usuários da Internet por ano.

A pesquisa mostra ainda que a França, muitas vezes aclamada como um dos países mais sensuais, encontra-se apenas na 28ª posição com apenas 32 pesquisas. 

A análise foi conduzida agregando e calculando a média dos dados. Para obter mais detalhes, como fontes específicas utilizadas, entre em contato com info@healthnews.com

Autor Julianna Santos

Relações Públicas, atuante em assessoria de imprensa e gestão de conteúdo para internet. Pós graduada em Educação Sexual pelo ISEXP – Instituto Brasileiro de Sexualidade e Medicina Psicossomática da Faculdade de Medicina do ABC, atendeu a várias empresas e profissionais do ramo erótico de 2002 até atualidade, estando inclusive a frente da sala de imprensa da Erótika Fair de 2002 a 2010. Também é certificada em Inbound Marketing pelo HubSopt Academy.

LEIA TAMBÉM

camiseta-de-time-não-e-boa-pra-namorar

Camisetas de times não são adequadas para encontros amorosos

Ter um primeiro encontro com a pessoa desejada é um ‘golaço’ e tanto. Mas será que a camiseta do time favorito tem espaço durante a paquera? Segundo pesquisa apenas 3% dos usuários consideram as camisetas de time adequadas para dates. Saiba mais aqui.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verified by ExactMetrics