black-friday-2020

Mais de 75% dos consumidores farão compras online na Black Friday

Segundo pesquisa da consultoria Conversion, medo da segunda onda de covid-19 no Brasil, restrição de circulação e abertura parcial do comércio físico são fatores para a preferência por lojas virtuais no evento. 50% irão comprar presentes para o cônjuge.

A pesquisa inédita da consultoria Conversion, especializada em SEO para negócios digitais ouviu este mês cerca de 400 brasileiros sobre hábitos de consumo. 

Para Diego Ivo, CEO da Conversion, apesar da gradual reabertura dos estabelecimentos e da progressiva retomada econômica ter acontecido em muitos países, incluindo o Brasil, os impactos da pandemia ainda são muito significativos.

“A pandemia do novo coronavírus trouxe um panorama extraordinário para o comércio eletrônico em todo o mundo. No Brasil, junto com o amadurecimento dos negócios online, o próprio consumidor se transformou: os brasileiros estão hoje mais determinados a trazer as compras online para a suas novas rotinas e assim se sentirem mais protegidos”, comenta.
 

Como geralmente acontece ano após ano, em 2020, o número de consumidores que pretendem fazer alguma compra no evento aumentou.

Segundo a pesquisa, cerca de 90,4% dos respondentes disseram que já compraram ou pretendem comprar na Black Friday de 2020, já que as promoções começam muito antes da última sexta-feira de novembro, com algumas lojas que lançaram as ofertas ainda em outubro.

Com relação a 2019, houve um aumento de quase seis pontos percentuais no número de brasileiros que confirmaram suas intenções de compra para este mês, saltando de 84% no ano passado para 90% em 2020.

“Este aumento pode ser compreendido como um reflexo do boom de crescimento registrado pelo comércio eletrônico após o início do isolamento social, no segundo trimestre de 2020, quando muitos consumidores que não eram necessariamente adeptos das compras online passaram a dispor desta ferramenta”, ressalta Ivo.


A grande maioria vai comprar presentes de natal na Black Friday

A pesquisa mostra que 83% dos respondentes afirmaram que vão aproveitar o evento para fazer compras de Natal.

Do total da população que pretende comprar na Black Friday, metade afirmou que comprará algum presente para seu cônjuge e, 45%, para seus filhos.

“A Black Friday deste ano será um marco não apenas pelos recordes de vendas, mas pela grande mudança de hábitos que vemos e pelo surgimento do que chamamos de novo consumidor, que é mais digital do que nunca”, explica o CEO da Conversion
 
Confira a pesquisa completa na página:
 
https://www.conversion.com.br/blog/black-friday-brasil/ 

 

Sobre a Conversion (www.conversion.com.br) 

Fundada em 2011 por Diego Ivo, a Conversion é a agência líder em SEO (Search Engine Optimization) no Brasil e conta com o maior time de profissionais especializados nesse segmento, com 60 colaboradores. Tem em seu portfólio marcas como iFood, Lojas Marisa, ViajaNet e foi reconhecida em 2018 pelo prêmio de Melhores Agências de Performance pela ABComm (Associação Brasileira de Comércio Eletrônico).

CLIQUE AQUI  PARA VER A BLACK FRIDAY DE 27 SEX SHOPS DE TODO O BRASIL

Entre com seu email para receber as atualizações:

Desenvolvimento FeedBurner

 
 

Autor Julianna Santos

Relações Públicas, atuante em assessoria de imprensa e gestão de conteúdo para internet. Pós graduada em Educação Sexual pelo ISEXP – Instituto Brasileiro de Sexualidade e Medicina Psicossomática da Faculdade de Medicina do ABC, atendeu a várias empresas e profissionais do ramo erótico de 2002 até atualidade, estando inclusive a frente da sala de imprensa da Erótika Fair de 2002 a 2010. Também é certificada em Inbound Marketing pelo HubSopt Academy.

LEIA TAMBÉM

vacina-ou-mamografia-outubro-rosa

Outubro rosa: vacina ou mamografia?

Especialistas alertam para a necessidade de intervalo entre vacina da Covid-19 e a realização de exames de rastreamento de câncer de mama. Saiba mais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *