Ioga erotica

Conhece Ioga Erótica? No Reino Unido já tem.

Sarah Rose Bright é a primeira sexcoach do Reino Unido a  ajudar as mulheres a desbloquear seu potencial de orgasmo através de sessões de ioga erótica.

Ela afirma que só sentimos que temos algum problema de desejo quando ele desaparece e não é bem assim que funciona.

É preciso atenção para os desafios da vida moderna impõem aos nossos corpos: stress, cansaço, correria e necessidade de perfomance.

Sarah se formou com professores pioneiros de sexo do mundo na Sex Coach University há 15 anos. E foi frequentando um curso em San Francisco que ela descobriu ioga erótica. Pediu a Joseph Kramer, quem criou essa prática, para trazê-la para o Reino Unido.

Como funciona a Ioga Erótica

As práticas incluem a meditação, onde as mulheres respiram em seus ventres, barrigas e órgãos genitais para se conectarem com seus corpos de maneiras diferentes.

Suas técnicas envolvem muita respiração, relaxamento, desaceleração e escuta as sensações em seus corpos.

“Ensino às pessoas o modelo de prazer que é relaxar e curtir o prazer sem se concentrar nos objetivos. Se diminuímos a velocidade, respiramos e percebemos o que está acontecendo com nossos corpos. Quando as pessoas recebem esse modelo, o alívio é incrível e a experiência é muito mais satisfatória.”

Sarah conta que muitas mulheres começam a prática não gostando de seus corpos, mas com o tempo se sentem mais relaxadas, confiantes e até confessam que nunca tiveram um orgasmo e que depois das aulas passaram a ter.
 “Eu tive mulheres que tiveram despertares profundos nessas sessões. Uma moça de 22 anos me disse que pela primeira vez sentiu que seu corpo era dela, que pertencia a ela, não a seu parceiro ou a ninguém.”

Tem até massagem mamária?

Outra prática que Sarah faz com suas clientes envolve uma massagem mamária. Mas ela ressalta que não é para se excitar e sim para ativar os tecidos que ficam enrijecidos porque as mulheres usam o sutiã a maior parte do dia.”A massagem mamária é uma prática incrível para ajudar nossos seios a ter mais energia, ser mais saudável, sentir-se bem e ter mais sensibilidade”, afirma Sarah em entrevista para o Daily Star.
Entre com seu email para receber as atualizações:

Desenvolvimento FeedBurner

 

 

Autor Julianna Santos

Relações Públicas, atuante em assessoria de imprensa e gestão de conteúdo para internet. Pós graduada em Educação Sexual pelo ISEXP – Instituto Brasileiro de Sexualidade e Medicina Psicossomática da Faculdade de Medicina do ABC, atendeu a várias empresas e profissionais do ramo erótico de 2002 até atualidade, estando inclusive a frente da sala de imprensa da Erótika Fair de 2002 a 2010. Também é certificada em Inbound Marketing pelo HubSopt Academy.

LEIA TAMBÉM

feira-erotica-peru

27/11 – Peru terá a sua primeira feira erótica

I Expo Erotismo acontece em paralelo com o II Simposio Internacional Bienus 2021 e será totalmente on line pelo Zoom

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *